fbpx
teste

Gestão da inovação: conheça sua aplicação na indústria

A gestão da inovação se tornou algo essencial para manter a competitividade e sustentabilidade corporativa. Você sabia que é o tema mais proeminente no mundo corporativo de hoje?

No entanto, não basta inovar para obter bons resultados. Também requer gestão da inovação para transformar o potencial de inovação da sua empresa em realidade concreta e lucrativa!

Quem está imerso no mundo dos negócios, já sabe que é preciso o tempo todo aperfeiçoar aquilo que já existe, otimizando o pensamento crítico e as habilidades de solucionar problemas. Na indústria esse cenário não é diferente.

As empresas do setor industrial precisam da inovação para sua sobrevivência, e isso não é nenhuma surpresa, né? O que pode surpreender é como essa inovação na indústria é efetivamente implementada. Continue a leitura e descubra como fazer com que a gestão da inovação seja uma realidade na sua indústria! ↓

O que é inovação?

Antes de falarmos sobre a gestão da inovação, é preciso entender o que significa o conceito de inovação. Portanto, a gestão de inovação é a estruturação de um processo concreto de inovação, com começo (entradas), meio (processamento) e fim (saídas e  geração de resultados).

Em resumo, a gestão de inovação consiste em estabelecer meios e métodos para gerar valor, concretizando ideias.

Não basta criar soluções, ferramentas e métodos: é preciso que esse ato seja planejado e contínuo.

Nessa era do desenvolvimento tecnológico, é preciso usar a inovação como ferramenta estratégica da empresa. Afinal, o mercado está cada vez mais aberto não só para quem o atende, mas também para quem cria produtos e serviços diferenciados.

Quais os benefícios de investir na gestão da inovação nas indústrias? 

Vantagem competitiva e aumento da lucratividade

A gestão da inovação nas indústrias é capaz de manter uma empresa à frente de seus concorrentes. A competitividade favorece as empresas mais inovadoras ao lhes dar destaque e isso ocorre de forma orgânica.

O novo consumidor prefere as empresas mais inovadoras, que criam novas formas de lidar com os desafios do dia-a-dia e apresentam novas formas de solucionar os problemas. Por causa desse diferencial de mercado, o consumidor se dispõe a pagar mais por produtos e serviços que geram maior valor. A consequência disso? O aumento do lucro, é claro!

Abertura de novos mercados

Com a inovação, fica mais fácil explorar carências e deficiências de produtos, serviços, tecnologias, processos e modelos de negócio, para desenvolver soluções inovadoras.

A partir da gestão da inovação, é possível abrir novos mercados ou mesmo descobrir um nicho de mercado inexplorado.

Por exemplo: O Airbnb explorou um modelo de negócio do tipo Plataforma Multilateral pois conecta turistas (consumidores), que querem um alugar um espaço por curto período de tempo, a donos de locais para hospedagem (fornecedores), como casas, apartamentos e quartos por um preço, na maioria das vezes, mais justo.

Melhor organização de processos internos

A gestão da inovação cumpre um papel crucial de estruturar os processos para viabilizar a coleta, o processamento e a implementação de ideias. As novas soluções podem até criar processos ou aprimorar os já existentes para otimizar as operações industriais.

Favorece na sustentabilidade do negócio

Um negócio estagnado, parado no tempo, que não acompanha a evolução dos anseios do consumidor e do mercado, pode facilmente perder seu valor perante ao público. Como consequência disto, teríamos uma redução nas vendas que poderia trazer grande prejuízo financeiro, e até acarretar a falência do negócio.

Pensando nisso, as inovações implementadas garantem a sustentabilidade empresarial no que se refere ao fator econômico, mas também afeta as outras áreas. Quanto mais a empresa inova visando também os aspectos ambientais e sociais do negócio, mais ela se destaca em seu segmento.

Como um exemplo disto, aqui na Mais Consultoria, prezamos pelos Objetivos de Desenvolvimento da ONU em nossos projetos e ações interna da empresa. A partir desse mindset, garantimos uma busca incessante em inovar nos processos e projetos. Uma coisa leva a outra, entende?

Motiva os colaboradores da empresa

Colaboradores podem ajudar a encontrar ideias surpreendentes, inovadoras e eficazes. Algumas empresas oferecem até prêmios para as melhores ideias sugeridas.

Como promover a gestão da inovação na indústria?

A inovação ultrapassou os departamentos de P&D de empresas e centros de pesquisa de tecnologia. Essa palavra-chave se tornou a necessidade de consistência e inovação, e se tornou a espinha dorsal de qualquer tipo de empresa. Veja como é possível promover este pilar dentro de algumas áreas da sua indústria! ↓

Produtos

A inovação no produto é direcionada a desenvolver novos produtos ou aprimorar aqueles que já existem. Por exemplo, quando uma fabricante de smartphones desenvolve um novo modelo ou uma nova versão de um modelo que já existe, ela está inovando em produtos.

Processos

A inovação nos processos é direcionada a otimizar os processos adotados dentro da indústria. Ela não se limita apenas aos processos ligados à produção em si, mas também abrange melhorias em processos administrativos, comerciais, logísticos, entre outros processos.

Modelo de Negócio

A inovação do modelo de negócios afetará a maneira como as empresas geram receita. Um bom exemplo é o setor que vende apenas para atacado e reformula sua estratégia de negócios, passa a atuar no varejo e atende diretamente ao consumidor final.

Cultura Organizacional

Para concretizar a gestão da inovação em seu melhor cenário, é preciso implementar a cultura da inovação em toda empresa. A organização como um todo deve possuir a inovação em seus objetivos.

A inovação ocupa um papel central na visão, nos valores, nas práticas da organização. Portanto, ela incentiva e apoia o surgimento e avanço de iniciativas inovadoras na empresa.

Passo a passo para implementar a gestão da inovação na indústria

Para aplicar a gestão da inovação industrial de modo eficiente, é preciso considerar pelo menos 5 maneiras!

 1) Defina uma estratégia

A estratégia da empresa é o caminho que ela percorrerá para encontrar a inovação e gerar valor. Sua estratégia deve ser bem definida antes mesmo da execução, para colher os melhores resultados.

Lembre-se de que essa estratégia deve estar de acordo com a missão, visão e valores da empresa.

2) Processe os dados obtidos

Avalie as ideias obtidas a fim de elencar e desenvolver (aprimorar) as melhores. Defina quais serão utilizadas onde e os prazos para implementação. Também devem ser definidos quais serão os custos e recursos financeiros disponíveis.

3) Implemente a inovação

Esse é o momento de colocar em prática todas as ideias que foram planejadas até então. Certifique-se de explicar tudo aos envolvidos para que sigam o planejamento e a estratégia desenvolvida no primeiro passo.

4) Acompanhe o desenvolvimento 

O gestor ou gestora deve acompanhar como as ideias estão se desenvolvendo e as atividades se adaptando. Analise se está tudo ocorrendo da melhor forma, ou se algo apresenta potenciais riscos e precisa ser otimizado.

5) Analise os resultados

Passado o processo de implementação das ideias, reúna os resultados e avalie quais foram os resultados obtidos. Se possível, faça isso acompanhado de números para ficar mais claro a diferença entre o período anterior à gestão da inovação na indústria.


Em resumo, a gestão da inovação traz consigo muito benefícios, como o fortalecimento de uma cultura inovadora, melhorias de comunicação, otimização de processos em geral, redução de custos e aumento do lucro. A Mais Consultoria pode transformar esse tema em realidade na sua indústria! 

Atuamos há mais de 18 anos no mercado oferecendo soluções para os seus clientes em otimizações de processos, estratégia, gestão financeira e qualidade. Converse com um de nossos consultores para impulsionarmos a sua empresa:

 

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG