5 erros em vendas que você deve parar de cometer

Descubra os 5 erros em vendas que você deve parar de cometer que atrapalham o crescimento da sua empresa!

Antes de querer atingir os melhores resultados, os empresários e vendedores precisam corrigir os erros de vendas que cometem todos os dias – muitas vezes sem perceber! Entre vendedores tradicionais e autônomos, vimos muitos erros e práticas comuns de vendedores que afetam negativamente as negociações.

5 erros em vendas que você deve parar de cometer hoje

Selecionamos 5 erros em vendas muito comuns para você parar de perder leads atoa e passar a conquistar mais e melhores clientes.

1) Falar muito e não ouvir o seu cliente

Não confunda persuasão com falar demais. Portanto, saiba que ao entrar em contato com o cliente, querer vender a todo custo não é uma forma de conquistar clientes em potencial.

O bom vendedor deve ser visto como uma solução, não como um inconveniente para o cliente. Ao escutar com atenção o que o lead tem a dizer, você identifica os argumentos necessários para conduzi-lo de modo mais assertivo para a decisão de compra usando o que ele mesmo relatar para você.

O consumidor que sabe o que quer e, quanto mais falar a respeito de suas necessidades, melhores serão as chances do profissional avançar na negociação.

Então, não se esqueça: é preciso ouvir o que o cliente tem a dizer.

Depois disso, ofereça as soluções de sua empresa de acordo com suas reais necessidades.

2) Não gerar valor no seu produto ou serviço

Valor é muito diferente de preço. Um cliente não está buscando apenas bom preço, mas uma solução para o problema que vive.

Um dos erros comuns de vendedores é não mostrar como aquele produto ou serviço influenciará positivamente na vida do consumidor. Ao invés de ficar falando sobre as técnicas, metodologias, é preciso falar sobre os benefícios.

Além de falar sobre as vantagens, mostre esse valor por meio de dados! Utilize seus clientes atuais para falarem do seu produto ou serviço. Isso servirá como prova social, demonstrando que o que você vende, realmente funciona e gera bons resultados.

→ Leia também: Cross Selling: aumentando os resultados de suas vendas

3) Não realizar um acompanhamento

Esse acompanhamento é conhecido como “follow up”. O Follow up pode ser entendido como um acompanhamento para criar conexão com o lead. O follow up pode ser feito por email, telefone, redes sociais e quaisquer outros meios de comunicação.

É muito comum vermos vendedores que ligam para tentar marcar uma reunião, não conseguem, ficam de ligar depois de um mês, mas nunca retornam!

Ao realizar uma proposta, fazer uma visita ou ligar para um cliente potencial, lembre-se de que a partir dali começa um relacionamento. Foque em obter conexões.

É neste momento que você precisará ter uma agenda ou qualquer outra plataforma de organização. Planejamento e organização são fundamentais em vendas.

4) Ter um atendimento automatizado

Um dos erros comuns em vendas é fornecer um atendimento padronizado e engessado a todos os clientes.

É importante falar de forma personalizada e confortável, e as conexões podem ser estabelecidas por meio da empatia e das características dessas pessoas.

Uma das dicas mais importantes para os vendedores é tentar se colocar no lugar do comprador.

Esse comportamento aumentará suas oportunidades de vendas. Você enxergará o processo da perspectiva do consumidor. Desta forma, é possível otimizar as etapas do processo de venda e prestar serviços individualizados para cada cliente em particular.

5) Não utilizar um CRM

Uma das principais vantagens da utilização do CRM é obter a maior satisfação do cliente. Ao utilizar essa estratégia, todas as negociações que envolvem manutenção, comercialização e venda dos produtos passam a ser realizadas de forma organizada e sistemática.

Desta forma, você pode conduzir mais estrategicamente a gestão de vendas do seu negócio. Você também pode melhorar o atendimento ao cliente entendendo melhor o problema.

O sistema cria a necessidade de receber e registrar feedback contínuo na equipe de vendas, e esses dados podem ser usados ​​para definir um plano de ação ao longo do processo de vendas.

Recomendamos alguns CRM’s como:

Vamos analisar o seu processo de vendas para identificar erros?

Se você se identificou com algum desses erros, não se assuste: infelizmente eles são mais comuns do que parecem e fazem partes dos desafios diários de uma equipe de vendas, ok?!

Ter um processo comercial bem estruturado vai te ajudar melhorar os resultados de forma surpreendente. Se você quer receber um diagnóstico gratuito sobre o seu processo de vendas, fale com nossa equipe clicando no banner abaixo:

Principais erros e acertos de um Plano de Negócios

O Plano de Negócios é um documento formal que registra as metas que a empresa terá que atingir para conseguir chegar a um resultado proposto. Separamos nesse artigo os principais erros e acertos de um Plano de Negócios, que infelizmente são erros bastante comuns e que não devem ser cometidos na criação de um plano de negócios eficiente e próspero.

Continue a leitura para entender como estruturar um bom plano que faça com que a sua empresa esteja internamente organizada e preparada para enfrentar os desafios que irão surgir! ↓

O que é o Plano de Negócios?

Antes de abordarmos os principais erros e acertos de um plano de negócios, você precisa entender o que é esse plano, certo?

Um Plano de negócios é uma ferramenta de gestão que permite que você entenda sobre o seu mercado de atuação. Além disso, ele também possibilita que você tenha uma visão mais precisa do futuro da empresa e, com isso, não siga um caminho errado.

O Planos de negócios também auxilia no processo de atrair investidores, uma vez que este documento demonstra que houve um trabalho em conhecer a fundo o mercado e que existe uma boa estruturação do seu próprio negócio.

Principais erros e acertos durante o desenvolvimento desse plano

Chegou o momento de conhecer os erros e acertos no plano de negócios que você não deve cometer na hora da elaboração. Vamos lá?

1. Achar que ele deve ser feito SOMENTE no início do empreendimento

O plano é uma ferramenta vital que não só deve ser revisado regularmente quando a empresa abre, ou seja, ele também deve ser revisto regularmente para a expansão e manutenção da empresa.

2. Não ter um objetivo claro

A falta de metas claras é um dos principais problemas que empreendedores(as)  enfrentam na hora de fazer planos de negócios. É necessário definir claramente quais são seus objetivos, bem como onde você deseja chegar com a empresa daqui um tempo.

O objetivo é a chave de sucesso de um Plano de Negócios! O foco principal deve ser dividido em pequenos objetivos. Portanto, você deve ter um plano de longo prazo, um plano a médio prazo e também um plano de curto prazo. Tudo isso definirá os principais objetivos da empresa!

3. Não fazer uma projeção financeira

O planejamento financeiro é uma parte importantíssima de qualquer plano, seja nos negócios ou na vida pessoal, não é mesmo?

Discuta com especialistas no assunto e descreve em quais ferramentas poderão ser investidas. O ideal é trabalhar com um o orçamento que supere totalmente os objetivos da empresa.

Questões burocráticas e legislativas, infraestrutura, capital de giro e custos fixos são alguns exemplos que devem constituir um plano financeiro e devem ser considerados para a eliminação de erros.

4. Não conhecer seu público-alvo e seus clientes

Se você não considerar os clientes é impossível esperar que uma empresa tenha sucesso. Esse processo pode ser realizado por meio de métricas, pesquisas ou conversas feitas diretamente com eles.

Descubra suas verdadeiras expectativas para o serviço e como o seu negócio pode e deve ajudá-los.

5. Não ter uma estratégia de Marketing

O marketing é a força vital de uma empresa. Por meio dele, você conquistará novos clientes, reterá os clientes existentes e colocará sua marca no mercado. O que acha de começar a investir  nesse método tão poderoso para os resultados do seu negócio?

Muitos gestores ignoram essa etapa do planejamento, porém o grande fato é que essa etapa é fundamental para o grande sucesso das empresas.  Do que adianta ter um produto ou serviço com inúmeras benefícios, se ele não for exposto e “vendido” através do Marketing?

6. Não ter projeções realistas

O otimismo ou pessimismo excessivo podem ser um erros muito sérios. Para evitar essa situação, o ideal é investir em uma projeção razoável e realista. Essas metas realistas irão garantir a segurança financeira de você e de sua equipe e evitar frustrações desnecessárias.

Uma boa técnica é quantificar os recursos de mínimos de sobrevivência da empresa, que devem ser mantidos por pelo menos 6 meses após a abertura da empresa. É necessário otimizar ao máximo o orçamento, evitando financiamentos muito altos e compra de equipamentos desnecessários.

Como desenvolver um Plano de Negócios?

Desenvolva um Plano de Negócios através de 5 partes fundamentais:

  • Sumário executivo;
  • Análise de mercado;
  • Plano de marketing;
  • Plano operacional;
  • Planejamento financeiro.

Sobre o tempo estipulado para a conclusão de todo o seu plano é interessante que não seja muito demorado e nem muito rápido. Leia o artigo da Harvard Business Review, o qual os pesquisadores descobriram que o tempo ideal para escrever todo o seu plano de negócios, é de 3 meses.

Para entender mais a fundo como aplicar o Plano de Negócios na sua empresa, acesse: Entenda como funciona um Plano de Negócios na prática!

Como vimos, investir em um bom plano de negócios é fundamental para o sucesso e a saúde de sua empresa.

Esperamos que você tenha aprendido no artigo os principais erros cometidos por outros empresas e evite possíveis erros no seu negócio!


Erros no plano de negócios nunca mais!

Você pode contar com toda nossa equipe para te ajudar a alavancar seu plano de negócios da sua empresa. Clique no banner abaixo e entre em contato com um dos nossos especialistas!

Fale com um consultor