Como reduzir o custo de aquisição de cliente? Confira 5 dicas

O Custo de Aquisição de Cliente (CAC) é uma das métricas mais importantes de serem acompanhadas por uma empresa. A partir dela o gestor pode tomar decisões mais assertivas para o seu negócio e, quando necessário, repensar as estratégias de atração de novos clientes. Se você quer saber como diminuir o seu CAC para prospectar mais clientes com a mesma verba, veja a seguir 5 dicas importantes.

Como é calculado o Custo de Aquisição de cliente?

Antes de partirmos para as estratégias para redução do seu CAC, você sabe como calculá-lo?

O Custo de Aquisição de Cliente é a métrica que demonstra o quanto foi gasto em um determinado período de tempo para a conversão de 1 cliente. Então, se você fez um investimento de R$ 10 mil em um mês e neste período obteve 10 novos clientes, o seu CAC é de R$ 100.

Para avaliar o seu CAC pode compará-lo com o Lifetime Value (LTV).

Lifetime Value

Na tradução, o valor vitálicio é a métrica que estima o lucro líquido que o cliente dá a sua empresa em todo o tempo de relacionamento com a sua marca.

Então, se você investe mais para adquirir um cliente (CAC) do que o retorno financeiro que ele dá ao seu negócio (LTV), é hora de você ligar um sinal de alerta e rever suas estratégias. Veja a seguir 5 dicas que vão te ajudar com isso!

5 Dicas para reduzir o Custo de Aquisição de Cliente

1- Cliente ideal

O primeiro ponto que precisa ser revisto é a segmentação de suas ações. Qualquer estratégia de prospecção antes de ser colocada em ação precisa ter muito bem definido para quem se fala. Caso contrário, todos os esforços e investimentos serão desperdiçados ao tentar fazer a comunicação com a pessoa errada. Mas, afinal, o que isso quer dizer?

Imagine que você elaborou uma completíssima campanha de ofertas do mês. De nada adianta se você investir toda a sua verba de anúncios em públicos amplos que não tenham fit com as soluções que você oferece, porque assim, não serão impactados e convertidos em clientes. Então, a primeira coisa a se fazer é traçar a sua persona.

Leia também: Retenção de clientes: o que é, por que fazer e como fazer?

O que é uma persona?

A persona é um cliente fictício que esboça o perfil de cliente ideal para o seu negócio. Na hora de criar a sua, pense em características gerais do seu público alvo, como: idade, região geográfica, nível de escolaridade. Mas, além disso, descreva características mais específicas: o que essa pessoa gosta, o que ela admira, quais suas aspirações, interesses, como é sua família, tudo que te ajude a entender verdadeiramente o seu público.

A partir disso, tanto os seus conteúdos, quanto as suas segmentações de anúncios, ficarão muito mais assertivos.

 

Ebook Conhecendo minha persona

2- Clientes atuais

Uma maneira simples de atrair novos clientes com um custo reduzido é aproveitando o bom relacionamento com os clientes promotores de sua marca.

Crie campanhas e estratégias que sejam benéficas para você e para os seus consumidores fiéis. Um bom exemplo de como isso funciona são os programas de desconto: indique um amigo e ganhe x% de desconto quando ele efetivar a compra. Viu? Simples, mas efetivo!

3- Pós-venda

Um bom atendimento pós-venda contribui para fidelizar clientes, para que eles desfrutem de todas as potencialidades da sua solução, vejam valor do seu produto e serviço e, finalmente, é uma maneira muito eficaz de reduzir os churns. Os índices de cancelamento não estão diretamente relacionados com o Custo de Aquisição de Clientes, mas têm impacto direto no seu caixa e no LTV. Evitar cancelamentos é uma forma de evitar prejuízos, com mais verba entrando, inclusive, para fazer maiores investimentos na aquisição de clientes.

Leia também: Prospecção de clientes: o que é e qual a sua importância?

4- Site

Você aproveita as potencialidades do seu site para conhecer seus clientes? Mais do que uma vitrine para seus produtos e serviços, suas páginas precisam ser uma fonte de informação sobre os seus clientes.

Utilize formulários e botões de contato para captar informações dos usuários que têm interesse no seu negócio para que se tornem leads. A partir daí pode estabelecer contato, nutrir e qualificar esses leads até que se tornem clientes. Essa estratégia é chamada Inbound Marketing e pode ser um recurso precioso para diminuir o seu custo de aquisição de clientes e converter cada vez mais usuários em compradores.

5- Ciclo de vendas

A última dica que vai te ajudar a reduzir o custo de aquisição de cliente é a aceleração do seu ciclo de vendas.

Processos mais eficientes e ferramentas que agilizem a rotina da sua equipe podem ser uma maneira de encurtar ou acelerar o seu ciclo de vendas. E, quanto mais rápido você efetivar uma venda, mais ciclos desse pode repetir no mesmo período de tempo. Então, esse é um recurso simples mais eficiente para impactar o seu CAC.

Gostou das dicas? No blog da Mais Consultoria você pode acompanhar novidades semanais que vão te ajudar a gerir o seu negócio. Aproveite nossos conteúdos!