Roadmap: o que é, para que serve, modelos e como fazer o seu

Equipe trabalhando o roadmap do negócio

Hoje falaremos sobre o roadmap, este assunto que vem mexendo com a cabeça de muitos empreendedores que visam o sucesso do seu negócio como o objetivo principal.

O roadmap é uma estratégia bastante válida, se usada corretamente, por isto, iremos explicar quais as suas principais finalidades, modelos e como você poderá fazê-la.

Pronto para a leitura?

O que é roadmap?

Um roadmap, como o nome sugere, é uma espécie de mapa que indica como um produto ou projeto se desenvolverá em cada etapa de sua evolução. Essa ferramenta norteadora de gerenciamento permitirá que todas as partes interessadas no projeto alinhem a construção geral do produto em torno das mesmas etapas sequenciais. Ou seja, ela informará a todos os interessados ​​sobre o processo evolutivo e quais variáveis ​​estão envolvidas neste caminho.

Para deixar isso mais claro, imagine a situação do desenvolvimento de um programa (software). Quem trabalha em uma startup desse nicho sabe que para alcançar o MVP (Minimum Viable Product, ou Produto Mínimo Viável) dos sonhos, é preciso primeiro ter uma boa ideia e depois passar por inúmeros testes de comprovação. Depois de verificar que sua ideia (aplicativo) realmente representa um interesse potencial para um determinado mercado consumidor, você precisa começar a construí-la, começar a dar vida a ela. Acaba que, infelizmente, é nessa etapa que muitos empreendedores acabam falhando e desistindo.

Você tem um produto final em mente, mas sabe por onde começar? Você tem um milhão de ideias megalomaníacas, mas consegue filtrar os recursos essenciais que este software deve ter? Dentro de suas restrições orçamentárias, o que agregará mais valor e, portanto, deve ser feito primeiro?

Ele é usado apenas para produtos?

Um roadmap é uma ferramenta de roteiro estratégico com o objetivo de crescimento. Portanto, pode ser aplicado a diferentes situações dentro de uma empresa. Ou seja, pode ser usado tanto para um roadmap específico de um projeto quanto para um produto.

Dessa forma, grandes corporações e autônomos podem utilizar essa ferramenta em seus negócios.

Em uma empresa privada, cada equipe é responsável por uma etapa. Já o autônomo é o responsável por desenvolver todo o roteiro.

Por que o roadmap é tão importante?

Como tratado anteriormente, essa ferramenta será responsável por orientar todos os colaboradores. Portanto, eles podem desempenhar suas funções com o objetivo final em mente.

Com um roteiro, os gerentes podem determinar:

  • A função e a responsabilidade que cada membro da equipe exercerá;
  • Os objetivos estabelecidos e que ainda não foram atingidos;
  • As variáveis que existem no projeto.

Quando uma empresa cria um roadmap completo, ela consegue aperfeiçoar a comunicação entre os membros da equipe, pois todos sabem o que precisa ser feito e os líderes conhecem as prioridades de cada fase.

Isso aumenta a produtividade e conclui etapas com melhor qualidade e em menos tempo.

Os principais benefícios que ele proporciona

Vemos que estes mapas são uma ferramenta importante para que as organizações tenham sucesso sem perder o rumo. Ela também é responsável por vincular as ideias às operações da empresa.

Além disso, essa ferramenta também pode fornecer outros benefícios, dos quais:

  1. Alinhamento de metas: Com essa ferramenta é possível reunir a equipe e definir metas para que todos saibam o que precisa ser feito;
  2. Coordenar equipes: por meio de roadmaps, os gestores são capazes de coordenar uma mesma equipe trabalhando em projetos diferentes, para que as entregas sejam sincronizadas;
  3. Visibilidade das informações: quando uma empresa utiliza um roadmap, a equipe consegue identificar o status de cada projeto, se acabou de começar, se está próximo da conclusão, etc.

Este roteiro é uma ferramenta essencial para que os setores possam implementar projetos de grande escala de acordo com um planejamento. Desta forma, a entrega será concluída dentro do prazo estipulado.

Tipos de roadmap

Os líderes precisam conhecer os tipos de roadmap que existem para poder escolher a melhor opção para cada tipo de projeto. Falamos a seguir sobre alguns modelos existentes. Confira:

Roadmap de software

O roadmap de software é bastante usado nos setores de TI ou áreas que trabalhem com desenvolvimento de softwares.

Isso acontece porque é justamente nesses setores que há muitos processos em desenvolvimento para atingir o objetivo final. Essas tarefas desenvolvidas são:

  • Análise;
  • Concepção;
  • Desenvolvimento;
  • Implementação.

Roadmap tecnológico

Já esse tipo de roadmap é usado por organizações que tem como meta o crescimento estratégico e aplicam tecnologias específicas, como:

Antes de implementar alguma dessas tecnologias na empresa, a organização precisa ter conhecimento sobre qual o propósito de cada uma delas. O roadmap ajuda os profissionais a alcançar suas metas através dessas tecnologias.

Roadmap de coaching

Por fim, o roadmap de coaching é usado por profissionais autônomos. Nesse caso, a ferramenta serve para o desenvolvimento pessoal do trabalhador.

Para aplicar eessa ferramenta, é preciso que o profissional analise sua situação atual e onde ele deseja chegar. Em seguida, o roadmap irá auxiliar a definir as etapas que deverão ser realizadas em seguida.

Conclusão

Vimos neste conteúdo o quão importante o roadmap é para o negócio, principalmente quando o objetivo principal está focado ao lucro.

Nós, da Mais Consultoria, prezamos muito a elaboração de estratégias promissoras e rentáveis para as empresas.

Caso tenha ficado alguma dúvida sobre este assunto, converse com um de nossos especialistas!

Até o próximo conteúdo.

Busca

Newsletter

Categorias

Siga-nos

Você também pode gostar de ler