Retenção de clientes: o que é, por que fazer e como fazer?

Retenção de clientes

O que é a retenção de clientes?

A retenção de clientes é sinônimo de não perdê-los, simples assim. Mas, além de aplicação de descontos quando o seu consumidor se mostra já insatisfeito com seu produto ou serviço, a retenção de clientes, bem aplicada, trabalha em prol de um relacionamento duradouro.

Sua preocupação está em proporcionar uma experiência completa ao cliente. Isso é feito desde o momento de aquisição, até ao longo da jornada de relacionamento com a marca. Nesse sentido, não é suficiente ter um excelente atendimento e a solução que você vende não ser boa para o público. É preciso trabalhar em diversas frentes de atuação.

Por que fazer?

Vendas recorrentes e boa rentabilidade. Com a retenção de clientes é esse cenário perfeito que você encontra.

Um cliente que tem as soluções que precisa e que se sente valorizado e prestigiado pela empresa contratada, confia nela para a aquisição de novas soluções.

Vale destacar que, um novo cliente chega a ser 4 vezes mais caro para o seu negócio do que reter um que já está em sua base de relacionamento. Agora você já tem motivos suficientes para estruturar de forma efetiva as suas estratégias para fazer a retenção de clientes. Não é mesmo? Confira as dicas abaixo que vão te ajudar nisso.

Fidelização x Retenção de clientes

Não são sinônimos, mas estão intimamente ligados os conceitos de retenção e de fidelização de clientes. A fidelização está um passo a frente da retenção, já que está em um estágio mais intenso no relacionamento com o consumidor. Um cliente fidelizado é aquele que acredita nas soluções que compra ao ponto de não trocá-la pela concorrência.

Como fazer a retenção de clientes?

1- Solucione seus problemas

Dúvidas e problemas podem surgir no contato com o cliente. O grande diferencial de uma empresa que trabalha com uma boa retenção de clientes é a solução ágil dessas questões, evitando insatisfação do público.

2- Conheça seus clientes

A retenção de clientes passa também por oferecer o que o seu público precisa para suprir suas necessidades. Dessa forma, evita-se que ele procure soluções na concorrência.

Aqui, esse aspecto se aproxima muito da fidelização. Um software de CRM (Customer relationship management) pode ajudar a entender melhor seus clientes, o momento de cada um deles no relacionamento com a empresa e tratá-los de forma segmentada e personalizada.

Quem é o seu cliente? Material gratuito

3- Organização em torno do cliente

Uma etapa ou processo interno precisa ser feito de modo a favorecer o seu público, atendendo às suas necessidades. Então, para desenvolver uma boa retenção de clientes é preciso ter disposição para fazer melhorias e adaptar o que for necessário.

Nem sempre esse aspecto é agradável, mas as vezes é preciso mexer na rotina da empresa para proporcionar uma melhor entrega para o consumidor, mesmo que isso não seja favorável à rotina da sua corporação. Nesse ponto é preciso engajar muito bem suas equipes para que elas recebam e se esforcem para entender a importância das mudanças.

4- Atue em todas as frentes de relacionamento

Não adianta ter um atendimento impecável para fechar o negócio e um pós-venda defasado. Ou ainda um site ou canal de comunicação falho. Não perder um cliente passa por oferecer tudo o que ele precisa, sem que precise procurar em outro lugar. Por isso, se atente a tudo que envolve esse relacionamento e desenvolva estratégias de aprimoramento e melhorias constantes para garantir uma parceria de sucesso.

Mais Consultoria

Quer aprimorar técnicas e processos dentro do seu negócio? Conte com a Mais Consultoria. Trabalhamos nas frentes de Estratégia, Gestão Financeira, Qualidade e Otimização. Já são mais de 200 empresas impactadas pelos nossos serviços que propõem soluções simples e executáveis para a rotina desses negócios com o objetivo de alavancar os resultados da empresa.

Orçamento Mais Consultoria