Mais Consultoria

Método 5S: o que ninguém te contou sobre ele!

Pessoa estudando sobre método 5S

Se você faz parte do meio empresarial e costuma permear os assuntos administrativos, provavelmente já ouviu falar sobre o método japonês 5s. 

O mesmo é tema de estudo constante de gestores e proprietários que desejam contar com todos os benefícios que o método é capaz de oferecer a empresa quando é implementado de maneira efetiva. 

Entretanto, muitos ainda não conhecem o suficiente sobre essa ferramenta, e para possibilitar o entendimento do assunto de forma simples e objetiva, dividimos o nosso conteúdo nos seguintes tópicos: 

  • Método 5s: O que é? 
  • Método 5s: O que ninguém te contou sobre ele! 
  • Conclusão 

Os mesmos serão descritos e detalhados a seguir. 

Método 5s: O que é? 

O método 5s é uma estratégia empresarial que tem como objetivo principal a melhoria contínua de processos, a partir de 5 sensos (por isso, 5s). É muito utilizado para aumento de eficiência e qualidade produtiva, além de gerar uma série de outros benefícios para os negócios que resolvem implementar essa metodologia no seu dia a dia. 

Portanto, para entender melhor o que é e como funciona, é necessário conhecer os 5 sensos do método, fundamentados por 5 palavras japonesas que justificam e centralizam o significado de cada princípio da metodologia. 

Se você nunca ouviu falar sobre, não se preocupe! A seguir, iremos explicar cada um deles.

1. Seiri (Senso de utilização)

O primeiro dos cinco S’s é o senso de utilização, e como o próprio nome sugere, tem como fundamento principal a definição do que é realmente necessário para a empresa. O conceito pode ser aplicado de um modo geral, em todos os processos corporativos existentes, desde os produtivos até os de vendas e entregas, por exemplo.

Por isso, desempenha um papel significativo na redução de custos, sendo fundamental para que a empresa evite desperdícios e má utilização dos recursos disponíveis. A utilidade é, sem dúvidas, o aspecto mais importante deste princípio. 

2. Seiton (Senso de ordem)

O senso de ordem estabelece que cada lugar deve ser designado para uma coisa, e que cada coisa deverá ser posta em seu devido lugar. Assim, é o senso que tem como objetivo principal a gestão e a organização de espaços físicos e projetos, gerando ordem e padronização no processo de trabalho.

Tal princípio facilita a rotina empresarial, tendo em vista todos os benefícios decorrentes da organização, incluindo a otimização de tempo de trabalho e a redução de estresses causados pela desordem. Para gerar a ordem necessária, as empresas podem contar com a classificação de objetos e documentos, bem como a separação dos mesmos de forma funcional e efetiva.

É válido salientar que a ordem estabelecida precisa ser de fácil manutenção, para que não haja falha na aplicação desse princípio. 

3. Seiso (Senso de limpeza)

O terceiro S tem como objetivo principal garantir que a limpeza dos espaços físicos seja mantida, promovendo a higiene de forma efetiva e garantindo o bem estar dos indivíduos presentes nos respectivos locais. Além disso, essa etapa também tem como objetivo identificar os responsáveis pela produção de resíduos sólidos e, se possível, eliminar ou reduzir todos eles. 

4. Seiketsu (Senso de higiene)

O senso de higiene está intimamente ligado com os outros apresentados anteriormente, e reúne os três conceitos já citados para garantir a saúde dos colaboradores (tanto física quanto mental). Isso é possível a partir da análise da empresa de um modo geral, detectando de forma assertiva o que pode estar sendo nocivo aos funcionários, como máquinas enferrujadas ou processos demasiadamente estressantes.

Assim, o foco desse princípio é garantir maior bem estar da equipe de trabalho, promovendo aumento de satisfação e de eficiência por parte dos trabalhadores durante a jornada diária de trabalho. 

5. Shitsuke (Senso de auto disciplina)

A disciplina é um fator fundamental para a constância e o sucesso de todo e qualquer método aplicado. Afinal, de nada adianta implementar conceitos extremamente funcionais se na prática as coisas não forem seguidas corretamente. Por isso, o último princípio tem como objetivo principal tornar os seus colaboradores capazes de seguir efetivamente os outros 5S já estabelecidos.

Para possibilitar o sucesso do último fator, é essencial que haja conscientização e engajamento de todos os funcionários envolvidos no processo, e é aí onde muitas empresas erram e tornam a metodologia insustentável ou ineficiente. Por isso, é importante utilizar ferramentas de encorajamento eficientes e contínuas, garantindo que todos os princípios façam parte da rotina empresarial, tratados como regras e não exceções. 

A partir do entendimento de cada um dos sensos e os seus respectivos princípios, fica evidente a importância e a funcionalidade dessa metodologia para as empresas. 

Método 5s: o que ninguém te contou sobre ele! 

Agora você já sabe o que é e conhece os 5 sensos que fundamentam o método 5s. A seguir, confira quatro curiosidades sobre ele: 

1. Origem do método e o seu papel pós guerra 

A segunda guerra mundial acarretou consequências devastadoras para muitos países, inclusive o Japão. Assim, o cenário pós guerra do país era pouco favorável, tendo em vista as desordens econômicas e sociais existentes. 

Com isso, as empresas precisaram se reinventar para dar continuidade às suas atividades e restabelecer a economia do seu país. A Toyota, entretanto, criou e designou 5 sensos para fundamentar as suas atividades e possibilitar a evolução das suas atividades. Ou seja, reinventou-se de forma significativa. 

A implementação da estratégia criada foi extremamente benéfica e funcional e, assim, logo passou a ser utilizada como modelo em diversas outras empresas. Isso possibilitou a recuperação corporativa e a melhoria do cenário econômico Japonês no período pós guerra. 

2. O método 5s é capaz de aumentar a organização do ambiente de trabalho 

Como já vimos anteriormente, um dos sensos é focado exclusivamente na gestão e na organização dos processos e do ambiente de trabalho. 

E como bem sabemos também, a desordem é um fator capaz de atrasar e prejudicar de forma significativa os processos empresariais. Ela também estressa os colaboradores e torna tudo ainda mais difícil. 

Por isso, ter a organização como um princípio fundamental da empresa e implementá-la de forma efetiva e contínua é tão importante. Ela acaba sendo um verdadeiro meio facilitador de processos.  

3. A qualidade dos serviços e/ou produtos entregues cresce significativamente 

Com a implementação de todos os princípios do 5S, o resultado não poderia ser outro. A qualidade dos serviços prestados e/ou produtos entregues cresce significativamente, uma vez que as mudanças realizadas e o seguimento de medidas são capazes de melhorar efetivamente todos os processos empresariais.

4. Empresas de sucesso que não abrem mão do método 5s

Muitas empresas de sucesso e referência são adeptas ao método, e como exemplo das mesmas, podemos citar: 

  • Toyota (criadora e pioneira) 
  • Coca-cola Brasil 
  • Univale 
  • Nestlé 
  • Brahma 

A partir dos exemplos é possível analisar como a metodologia é efetiva quando implementada de maneira correta, gerando resultados extremamente positivos para as empresas. 

Conclusão 

Em suma, esperamos que o nosso conteúdo tenha sido suficiente para te fazer entender de forma simples e efetiva o método 5S e suas curiosidades.

Ademais, se deseja implementar o método 5S de forma assertiva no seu negócio, aumentando significativamente os resultados do seu negócio e a qualidade produtiva, clique aqui e você será redirecionado a nossa aba de soluções em qualidade para poder entender melhor como a contratação e a implementação desse serviço funciona.