Mais Consultoria

Saiba o que é melhoria contínua em processos e como aplicá-la na sua rotina

Pessoas estudando sobre a melhoria contínua em processos

A rotina empresarial demanda uma série de processos essenciais e imprescindíveis ao funcionamento adequado e efetivo de todo e qualquer negócio, independente do porte do mesmo. 

Isso porque, são os processos empresariais que definem todo o dia-a-dia corporativo, além de representarem a atuação fatídica de todos os colaboradores ativos, possibilitando a execução do trabalho e a evolução progressiva constante. 

Dessa forma, é importante não só conhecer e entender todos os processos existentes em dado negócio, mas também investir em melhorias capazes de tornar todas as atividades executadas ainda mais efetivas e assertivas.

Para isso, muitas empresas contam com uma filosofia empresarial conhecida como Melhoria Contínua em processos, a qual é capaz de mudar todo o cenário empresarial, a execução de tarefas e os processos propriamente ditos. 

Entretanto, mesmo sendo bastante conhecida, funcional e aplicável, muitos gestores e proprietários ainda não conhecem o suficiente sobre essa estratégia. 

Por isso, preparamos este artigo que irá te explicar de forma objetiva o que é a melhoria contínua em processos e como aplicá-la na sua rotina, a partir dos seguintes tópicos: 

 

  • Melhoria Contínua em processos: O que é?
  • Benefícios da Melhoria Contínua em processos 
  • Como aplicar a Melhoria Contínua em processos na sua rotina? 
  • Conclusão 

 

Para ter o detalhamento e o entendimento completo de cada um deles, basta seguir com a leitura do nosso conteúdo. 

 

Melhoria Contínua em processos: O que é? 

Como o próprio nome sugere, a melhoria contínua em processos é uma filosofia empresarial que tem como objetivo principal a busca constante pelo aperfeiçoamento e melhoria de todos os processos existentes dentro de um dado negócio, melhorando consequentemente também os produtos e serviços prestados. 

A aplicação prática da filosofia é dada a partir da análise dos processos empresariais internos, os quais serão avaliados minuciosamente e diagnosticados com gargalos produtivos gerais, específicos, e qualquer outro problema que atrase ou prejudique significativamente a execução adequada e efetiva das atividades empresariais. 

Dessa forma, torna-se possível não só identificar os problemas, mas também solucionar cada um deles e ainda melhorar continuamente todos os processos internos existentes. 

Logo, o método pode e deve ser aplicado a todo o contexto empresarial, envolvendo todas as áreas existentes, e não somente as industriais ou produtivas. 

Isso porque, por mais que o foco dos processos internos seja em maior parte direcionado às atividades produtivas, todos os setores possuem processos específicos tão importantes quanto para a vitalidade empresarial. 

Por isso, é importante levar a Melhoria Contínua em processos como uma verdadeira filosofia empresarial, aplicando-a em todos os departamentos e processos internos existentes. 

Vale salientar ainda que atualmente, contar com a Melhoria Contínua em processos representa uma vantagem competitiva significativa. 

Entretanto, daqui há alguns anos, ela será essencial ao funcionamento de toda e qualquer empresa. Por isso, é importante já entender como ela funciona e como aplicá-la previamente, aproveitando não só de sua importância, como também de todos os benefícios decorrentes da mesma. 

 

Benefícios da Melhoria Contínua em processos 

Como dito anteriormente, a melhoria contínua em processos além de importante, também gera benefícios incontestáveis para as empresas que adotam essa cultura em sua rotina. 

Dentre todas as vantagens existentes, podemos destacar como as principais delas: 

 

  • Redução de custos: os custos são reduzidos significativamente, tendo em vista a melhor utilização de recursos durante os processos e o racionamento dos mesmos. 
  • Simplificação das atividades empresariais: A melhoria contínua em processos não gera só a qualificação do processo, mas também a sua facilitação. Assim, há um aumento significativo da efetividade, tendo em vista a reforma dos processos para alternativas ainda mais simples e qualitativas. 
  • Vantagem competitiva: como a melhora contínua em processos gera uma série de resultados positivos para a empresa, tanto em produção como em faturamento, uma certa vantagem competitiva perante outras empresas concorrentes é criada, gerando destaque no mercado e melhor aceitação do público. 
  • Redução de erros: os erros também são minimizados significativamente, tendo em vista a criação de soluções e melhorias constantes para todo e qualquer gargalo produtivo capaz de atrapalhar, reduzir, atrasar ou impedir qualquer fluxo empresarial. 
  • Aumento da satisfação e conquista de público: processos empresariais facilitados e melhorados é sinônimo de melhor entrega de produtos e/ou serviços. Como consequência disso, há a melhoria da experiência do cliente e sua satisfação.
  • Aumento da adaptação ao mercado: como a melhoria é contínua, há uma adaptação constante às novas tendências de mercado e suas respectivas implicações. 

 

Em suma, há uma melhora significativa de todos os aspectos e setores corporativos, tendo em vista os impactos positivos causados pela utilização dessa estratégia. 

 

Como aplicar a Melhoria Contínua em processos na sua rotina?

Agora que você entende o que é a Melhoria contínua em processos e reconhece os seus benefícios, deve estar curioso para entender como aplicá-la na sua rotina. 

Para facilitar o seu entendimento, fizemos um passo a passo explicativo que estará descrito e detalhado a seguir: 

  • Mapeamento dos processos, diagnóstico e definição dos pontos de melhorias 

Em primeiro lugar, é fundamental mapear os processos já existentes e fazer um diagnóstico geral dos mesmos. 

O mapeamento vai permitir a análise geral da execução dos fluxos de trabalho, bem como o diagnóstico dos principais problemas e gargalos produtivos e a definição dos pontos a serem melhorados. 

Esse passo é fundamental para viabilizar e direcionar todo o resto do processo, que será baseado nos pontos aqui analisados e definidos. 

  • Definição de metas e objetivos 

Após ter definido todos os pontos que precisam ser melhorados e solucionados, é hora de definir metas e objetivos gerais de crescimento e evolução empresarial. 

Esse passo é importante para possibilitar a associação entre melhorias de processos e alcance de objetivos e metas empresariais. 

  • Criação e padronização de processos 

Após elencar os pontos de melhoria, os objetivos da empresa e fazer a associação entre eles, é hora de criar e padronizar os processos de acordo com tudo o que foi definido desde então. 

A criação de novos processos é importante para reorganizar os que estavam sendo problemáticos, e a padronização é fundamental para possibilitar e garantir o mesmo nível de qualidade e fluxo de trabalho entre os processos. 

Nessa hora, é importante também contar com a atuação profissional para organizar e padronizar tais processos, tendo em vista a necessidade de contar com conhecimentos técnicos específicos nesta etapa. 

  • Aplicação de técnicas de melhoria contínua 

É importante conhecer e analisar as principais técnicas de melhoria contínua existentes para poder definir a que melhor atende às necessidades da sua empresa. 

Podemos destacar como as principais delas: 

 

  • Lean Manufacturing: Essa técnica surgiu durante a revolução industrial japonesa, e tem como característica principal o trabalho enxuto, cortando todos os gastos desnecessários e reduzindo significam possíveis desperdícios de processo.  
  • Kaizen: Essa técnica abrange todas as áreas de uma empresa, e tem como fundamento principal o aprendizado na prática, incluindo o aumento da produtividade com a menor utilização de recursos possíveis. 
  • PDCA: A sigla é inglesa e o significado da mesma explica o funcionamento da técnica: Plan, Planejar; Do, Executar; Check, analisar; Action, Agir.

Após a execução de todos os passos descritos acima, é hora de analisar os resultados obtidos com a técnica aplicada e atualizar de forma recorrente os meios de processo que não estiverem sendo tão bem sucedidos, tendo em vista a necessidade de continuidade da filosofia de melhoria. 

 

Conclusão 

Por fim, agora que você já leu e entendeu o que é a melhoria contínua de processos, suas principais vantagens e o modo de aplica-lá, poderá implementar essa prática na sua empresa e aproveitar de todos os resultados positivos gerados por ela. 

Caso ainda restem dúvidas acerca desse e outros temas em otimização de processos, clique aqui e você poderá falar diretamente com um de nossos especialistas