Como otimizar a sua Gestão Logística com a tecnologia?

A logística é a base de todo o ciclo de consumo, desde o transporte da matéria-prima até a entrega do produto final ao cliente. Pensando nisso, entender como otimizar a gestão logística de uma empresa é um passo decisivo para melhorar sua atuação no mercado.

Para ajudá-lo a entender melhor o assunto, preparamos este artigo, que explica a importância da tecnologia aplicada á Gestão Logística e fornece as principais ferramentas para melhorar a gestão das operações logísticas da sua empresa.

Boa leitura! ↓

O que é Gestão Logística?

Quando falamos em gestão de operações logísticas, estamos nos referindo a uma série de atividades vitais para o funcionamento de qualquer empresa. Alguns exemplos são: transporte, armazenamento, manuseio, embalagem, entrega, etc.

Não é difícil perceber que essas atividades estão diretamente relacionadas ao nível de satisfação do cliente, afinal, a implementação inadequada causará problemas como danos a mercadorias, vencimento de produtos e atrasos na entrega.

Portanto, otimizar a gestão dessas operações, além de melhorar a produtividade, também contribui ativamente para a melhoria da satisfação do cliente. Isso obviamente se traduzirá em uma vantagem competitiva para o seu negócio.

Tecnologia como ferramenta de otimização da Gestão Logística

Além de proporcionar maior qualidade para sua produção, o surgimento da tecnologia em logística é justamente para proporcionar maior eficiência, reduzir custos logísticos e gerenciar falhas no processo.

Entender como funciona a tecnologia da informação na logística é um processo super importante. A área de tecnologia é voltada para o acesso, armazenamento e tratamento de dados, com o objetivo de facilitar a gestão e os processos de uma organização relacionados com o transporte de suas mercadorias.

Em um contexto de competitividade e ritmos de produção cada vez mais acelerados, automatizar tarefas e otimizar os processos logísticos é fundamental para as empresas que queiram se destacar no mercado!

Quais os principais erros na gestão logística?

Erros na gestão logística consomem não apenas mais recursos financeiros, mas também desgastam sua credibilidade e prejudicam a satisfação dos seus clientes.

Confira os 4 principais erros de logística que sua empresa deve evitar:

  1. Não considerar a cadeia de suprimentos como uma estrutura dinâmica
  2. Falhar na sincronia entre demanda e cadeia de suprimentos
  3. Ter pouca visibilidade do sistema de informação
  4. Não se preocupar com o armazenamento

Encarar a cadeia logística não tendo atenção à demanda, sem visibilidade e desconsiderando o armazenamento estão entre os principais e mais graves erros de gestão logística! Com as ferramentas necessárias, será possível fazer as modificações necessárias para ter resultados mais assertivos!

5 Ferramentas essenciais para uma boa Gestão Logística

1) Software de rastreamento 

A maior parte da conveniência que experimentamos ao receber mercadorias hoje é a capacidade de rastrear todo o processo de entrega. Isso, é claro, porque os recursos técnicos podem catalogar e monitorar produtos, não importa aonde vá.

Esta função não só otimiza e organiza o trabalho da empresa, mas também otimiza e organiza o relacionamento com os clientes. Eles passam a ter informações em tempo real sobre suas compras, proporcionando maior segurança e confiabilidade. Esse fator garante ao cliente que tudo chegará no prazo.

2) Software de gerenciamento de estoque

Quando falamos sobre logística, sempre acabamos com problemas de armazenamento relacionados. Afinal, logística é uma série de atividades que também a envolvem!

Nesse sentido, o conhecido software de gestão de estoque corporativo também começou a desempenhar um papel, fornecendo aos gestores de logística informações precisas.

3) ERP (Enterprise Resource Planning)

O sistema ERP pode integrar informações de diferentes departamentos e fornecedores da empresa.

A utilização desse sistema proporciona uma visão mais ampla do negócio e promover tomadas de decisões mais estratégicas. Na prática, o ERP criou um banco de dados de fácil acesso.

Em logística ele pode integrar departamentos de armazenamento – ao fornecer informações sobre níveis de estoque, matérias-primas, etc.

4) CRM (Custom Relationship Management)

Na cadeia do processo logístico, as etapas que afetam a satisfação do cliente devem ser seguidas a todo custo. Afinal, as opiniões dos consumidores são a base do sucesso de uma empresa. Nesse sentido, o software CRM é muito valioso!

Esses sistemas têm como objetivo capturar e armazenar informações que a empresa tem com o cliente e criar um banco de dados.

Estas informações podem ser utilizadas como uma maneira eficiente de antecipar demandas dos consumidores, de forma que a empresa possa atender às expectativas deles.

Além disso, o CRM ajuda a personalizar as interações com o cliente, com o intuito de aproximar e melhorar a sua relação com a empresa.

→ Leia também: A importância do CRM na gestão de um negócio

5) TMS (Transportation Management System)

O Transportation Management System (Sistema de Gerenciamento de Transporte) é um software completo voltado para a gestão de transporte. Normalmente, possui a flexibilidade de se integrar a um ERP, o que facilita o controle de todo o fluxo logístico da empresa.

Além disso, o software é dividido em módulos que podem ser adquiridos de acordo com a necessidade da organização.

As vantagens de seu uso estão relacionadas ao aumento da qualidade e da produtividade nos processos de distribuição de cargas.

O software facilita também na troca de informações entre diferentes setores da sua empresa. Além de agilizar a emissão de documentos, como o CT-e e o NFS-e.


Nós podemos te ajudar!

A Mais Consultoria atua há mais de 18 anos no mercado oferecendo soluções para os seus clientes em otimizações de processos, estratégia, gestão financeira e qualidade. Entre em contato no banner abaixo e converse com um de nossos consultores para, juntos, impulsionarmos o seu negócio:

gestão logística