Mais Consultoria

Análise de Investimento: saiba como escolher a melhor estratégia para o seu negócio

Pessoas fazendo a análise de investimento

Toda e qualquer empresa que deseja evoluir e expandir os seus negócios, precisa fazer investimentos assertivos e rentáveis, sejam eles internos e/ou externos. 

Onde e como investir recursos vai ser com toda certeza um dos principais fatores para definir o curso da sua empresa e a sucessão dela. 

Prova disso são os projetos que foram capazes de levar grandes corporações ao patamar onde se encontram hoje, onde houve investimento assertivo, pensado e estratégico de tempo, trabalho e dinheiro. 

Mas afinal, como saber se um projeto é interessante o suficiente para fazer a minha empresa evoluir? 

Essa é uma dúvida recorrente entre proprietários e gestores, que muitas das vezes não sabem ao certo onde, quando e como investir. 

Para isso, a análise de investimento é uma estratégia coadjuvante no processo de reconhecimento de valia de investimentos e processos. 

Sendo assim, é fundamental que gestores e proprietários saibam o que é a estratégia, como ela funciona, seus principais benefícios e como escolher a que melhor atende às necessidades do seu negócio. 

Se você ficou curioso e deseja entender mais sobre o assunto mas não sabe por onde começar, não se preocupe. 

Preparamos este artigo para explicar de forma simples e objetiva o que é a análise de investimentos e os pontos mais importantes sobre ela. 

Para facilitar o entendimento, separamos o conteúdo nos seguintes tópicos: 

  • Análise de investimento: O que é? 
  • Benefícios da Análise de Investimento 
  • Saiba como escolher a melhor estratégia para o seu negócio 
  • Conclusão 

Para ter o detalhamento de cada um deles, basta prosseguir com a leitura do nosso artigo. 

 

Análise de investimento: O que é? 

A análise é feita a partir de um conjunto de técnicas e estratégias capazes de prever assertivamente os resultados de uma ideia que ainda não foi executada, de acordo com as condições existentes e do mercado vigente. 

Logo, tudo é colocado em estudo: Os recursos disponíveis, a aceitação e a necessidade do público, a concorrência, os riscos de insucesso e suas possíveis causas, etc. 

Tendo em vista a utilização de dados fidedignos à realidade do cenário existente, a previsibilidade da análise é extremamente assertiva, já que é toda baseada em fatos e não feita de qualquer forma. 

Por isso, em grande parte dos casos os resultados são sempre condizentes com a análise realizada previamente, levando maior segurança aos investidores. 

Vale salientar ainda a atuação dos investidores, informados previamente sobre os riscos existentes, e as chances de obtenção de lucro e faturamento com os investimentos feitos. 

Com o estudo feito, torna-se mais fácil decidir investir ou não recursos em determinado projeto, tendo em vista as chances de sucessão ou não. 

Obviamente, com tantas vertentes, possibilidades e análises, a análise de investimento não é simples e envolve conhecimentos específicos de mercado, administração e estratégias efetivas de estudo. Por isso, demanda entendimento completo do tema e um nível satisfatório de experiência. Mas, não se preocupe: Nunca é tarde para começar. 

 

Benefícios da Análise de Investimento 

Além do objetivo principal que a análise de investimento tem, alguns benefícios ainda são decorrentes da estratégia. 

Dentre os principais deles, podemos citar: 

  • Segurança de investimento 
  • Análise de risco x valia de investimento 
  • Atratividade de investidores a partir de dados que indicam sucessão de projeto 
  • Redução de riscos e desperdício de recursos 
  • Melhor utilização dos recursos disponíveis 
  • Crescimento progressivo da empresa 
  • Ganho de mercado e público 
  • Vantagem perante a concorrência 

 

A partir dos benefícios listados acima, fica evidente não só a necessidade de realizar a análise de investimentos, mas também quão benéfico isso pode ser para a sua empresa. 

Agora que você reconhece a importância e os benefícios, deve estar curioso para conhecer mais sobre o assunto e aplicar a análise de investimentos no seu negócio. 

Para conhecer os tipos de análise existentes e as suas respectivas características, basta seguir com a leitura até o nosso próximo tópico. 

 

Saiba como escolher a melhor estratégia para o seu negócio 

Para escolher a melhor estratégia para o seu negócio, primeiro é necessário conhecer os tipos de análise existentes e as suas respectivas características. 

Dessa forma, detalhamos e explicamos a seguir as principais delas para que você seja capaz de conhecê-las e analisar qual atende melhor as necessidades da sua empresa. 

Vale salientar a existência de diversas estratégias e vertentes, entretanto, algumas não são aplicáveis para a análise do investimento financeiro. 

Por isso, separamos a seguir as que se aplicam bem aos diferentes tipos de investimentos existentes e as mais utilizadas: 

  • Análise fundamentalista 
  • Análise técnica 

A seguir, detalharemos as principais características e vertentes de ambas. 

 

  • Análise fundamentalista 

O primeiro tipo, como o próprio nome já mostra, é baseado na análise dos fundamentos da empresa, sejam eles quantitativos (levam em consideração números e preços) ou qualitativos (qualidades da empresa). 

A análise é toda feita e baseada nos seguintes pilares: 

  • Avaliação das perspectivas de crescimento: O crescimento empresarial é um dos principais motivos para investir. Por isso, avaliar as perspectivas de crescimento de acordo com os investimentos é fundamental. 
  • Avaliação da situação financeira: A situação financeira também diz muito sobre o investimento e sua valia. Afinal, sem uma situação financeira satisfatória não há recursos disponíveis para investimento. 
  • Análise das vantagens competitivas: O mercado e a concorrência também são fatores de importante análise. Por isso, há uma vertente específica para tal. 
  • Análise da governança cooperativa: A governança cooperativa diz respeito a análise das ações da empresa e quanto elas atendem as boas práticas de gestão, garantindo, por exemplo, a equidade e a transparência. 
  • Análise do valuation: Por último, mas não menos importante, é fundamental analisar o valor dado à empresa no mercado para determinar preços e demais fatores relacionados aos projetos.  

 

  • Análise técnica 

A análise técnica, por sua vez, não relaciona os fundamentos quantitativos ou qualitativos da empresa. 

A análise técnica é feita a partir do estudo de gráficos de cotações de ativos.

Costuma ser bastante atrativa para investidores iniciantes, por prometer muito ganho em um curto período de tempo. Entretanto, é válido salientar que não é tão simples e certeiro assim. 

Na análise técnica, as vertentes são: 

  • Day Trade: As análises são diárias, e os investidores precisam se atentar a um mesmo pregão da bolsa durante o dia todo, todos os dias. 
  • Swing Trade: Diferente do anterior, as operações não são realizadas em um mesmo pregão da bolsa, e as mesmas são iniciadas e finalizadas em questão de dias ou semanas. 
  • Position Trade: Nessa técnica há estruturação das operações, que podem durar de meses a anos. 

 

Conclusão 

Por fim, agora que você conhece os dois tipos principais de análise de investimento, pode rever melhor as suas características e escolher a que melhor atende às necessidades do seu negócio. 

Vale salientar que, de modo geral, a técnica fundamentalista é comprovadamente mais eficaz do que a técnica, sendo a mais escolhida entre proprietários e gestores que desejam entender verdadeiramente as chances de sucesso e os riscos de determinado projeto. 

Ademais, se deseja entender melhor sobre o assunto ou contatar um especialista capaz de tirar todas as suas dúvidas acerca do tema, clique aqui e você será redirecionado a nossa área de contato.