Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Qual a diferença entre custo e despesa?
8/05/2020

Qual a diferença entre custo e despesa?

Qual a diferença entre custo e despesa?

Para montar o seu negócio e ver a cor do dinheiro nele é preciso muito estudo e estratégia. Você deve se preocupar com o planejamento estratégico, plano de negócios, entre tantos outros conceitos. Hoje, o que trazemos para você é a diferenciação entre custo e despesa. É a partir desses dois pontos que você consegue fazer os cálculos básicos para o seu negócio ter sucesso. Ao final da leitura você vai saber tudo o que precisa sobre a diferença entre custo e despesa.

Diferença entre custo e despesa

Custo

Define-se por custo de um negócio toda a quantia despendida para se ter o seu produto final. Ou seja, é todo o valor que é gasto com bens e serviços para a produção de outros bens e serviços que são a mercadoria da empresa.

Dessa forma, são os gastos absolutamente necessários, sem os quais não se tem o mais importante de um negócio:  seu produto, a moeda de troca para a geração de lucro.

Exemplos de custos:

  • Matéria-prima;
  • Mão de obra;
  • Manutenção;
  • Gastos com a fabricação;
  • Embalagens;
  • Energia elétrica;
  • Materiais de conservação e limpeza.

 

Tempo de Entrega: material gratuito

Despesas

Já as despesas correspondem a quantia gasta com bens e serviços que servem a manutenção da atividade-fim de um negócio. Assim, são gastos necessários para a manutenção da empresa, mas que não tem impacto direto em seu produto-final.

Exemplos de despesas:

  • Aluguel do espaço físico do negócio;
  • Contas de água, luz e internet;
  • Materiais de escritório;
  • Gastos com estrutura;
  • Lanche fornecido para os funcionários.

Leia também: Custo direto e indireto: diferenças e como controlá-los em pequenas e médias empresas

Como diferenciar esses conceitos?

Ainda não conseguiu pegar a diferença entre custo e despesa? Associe desta forma: o gasto é mais geral, de difícil vinculação com o produto-final? Então ele é uma despesa, caso contrário, é um custo.

Na rotina do seu negócio, para identificar essas nuances, pode usar o seguinte exercício: pergunte-se se a eliminação de certo gasto afeta a sua produção. Se sim, é um custo, já que tem impacto direto no produto. Caso contrário, é uma despesa.

Gastos fixos e variáveis

Outra definição para custos e despesas é se eles são fixos ou variáveis. Os gastos fixos são aqueles que devem ser pagos periodicamente de forma invariável. Ou seja, a empresa vendendo mais ou menos, eles não variam. Assim, pode-se citar como um exemplo de custo fixo o valor da mão de obra profissional, já uma despesa fixa é o aluguel.

Por outro lado, os gastos variáveis são aqueles que podem oscilar de um mês para outro, dependendo do ritmo de produção da empresa. Por exemplo, um custo variável é a matéria-prima. Se o produto começa a ter pouca saída, e para de ser fabricado temporariamente, os materiais empregados em sua fabricação são cortados da lista de curtos. Já como exemplo de custo variável, pode ser ter uma campanha de marketing pontual para o público interno ou externo, que pode impactar nas despesas de um dado período de tempo.

Precisa de ajuda?

Agora você já sabe a diferença entre custo e despesa e pode calcular corretamente todas as suas despesas para o correto controle de fluxo de caixa. Mas, se precisa de ajuda pode contar com a consultoria personalizada da Mais Consultoria.

São quase duas décadas propondo soluções executáveis e com excelentes resultados para empresas de diversos segmentos. Entre em contato no banner abaixo e converse com um de nossos consultores.

Ebook: Gestão financeira na crise

 

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG