Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Gestão de serviços de saúde: 5 dicas para um gerenciamento eficiente
3/04/2020

Gestão de serviços de saúde: 5 dicas para um gerenciamento eficiente

Gestão de serviços de saúde: 5 dicas para um gerenciamento eficiente

Assim como toda empresa, os hospitais têm diversas atividades administrativas que devem ser muito bem estruturadas para atender todas as demandas da sua rotina produtiva. Assim, um gerenciamento eficiente contribui para a redução de custos, melhoramento de processos e humanização do atendimento. Para uma gestão de serviços de saúde eficaz, confira algumas dicas:

Dimensão de sua importância

O atendimento hospitalar, antes de tudo, deve ser humanizado, ágil e eficiente. Serviços de saúde lidam com pessoas em seus momentos mais frágeis e esse fato deve ser o grande norteador de todo o trabalho que envolve a instituição. Ou seja, inclusive a gestão.

Gestão de serviços de saúde eficiente

1- Padronização de tarefas

Gestão de Serviços de Saúde

O primeiro passo de uma gestão de serviços de saúde eficiente é a padronização das tarefas. Nesse sentido, a automação de processos é fundamental tendo em vista que o acesso rápido e facilitado dos profissionais da instituição aos prontuários e outros arquivos, que são determinantes para um atendimento eficiente.

É possível gerenciar todo o sistema por meio de nome de usuário e senha. Essa informatização é um passo fundamental para o aperfeiçoamento de processos.

2- Mapear processos

Uma eficiente gestão de serviços de saúde tem profundo conhecimento dos processos internos. Isso porque, é a partir da análise de cada serviço oferecido que é possível estabelecer bases de cálculos de demandas de materiais e outros insumos para garantir o correto abastecimento sem desperdícios ou sobras.

Vale destacar que, essa base de cálculos é importante para a otimização de processos, garantindo o que é preciso para um atendimento; qualidade e padronização na execução de tarefas e protocolos de atendimento aos pacientes, já mencionados no item 1.

Além disso, outro ponto que toca no conhecimento de processos é o cumprimento da legislação vigente. Com atenção aos prazos de tratamentos, modificações estruturais necessárias, pedido de novos equipamentos, etc.

Apenas com uma ampla visão das demandas é possível preparar o hospital e abastecê-lo adequadamente para oferta de um atendimento rápido e de qualidade.

3- Excelência

Outro ponto de atenção da gestão deve ser a qualidade dos serviços oferecidos, que vão muito além do contato direto no atendimento.

Um serviço de excelência demostra constante alinhamento e integração entre os setores. Mas, para alcançar isso, é importante ter metas e indicadores específicos. Esses devem ser voltados para cada área que envolve a cadeira produtiva da instituição. Inclusive para as equipes de liderança e gestão administrativa.

Aqui vale destacar também como é importante treinar a equipe. Tanto para utilização das tecnologias implantadas, quanto no atendimento humanizado ao paciente.

4- Materiais e equipamentos

Gestão de Serviços de Saúde

A garantia de materiais e equipamentos para suprir as demandas do hospital depende do estudo, como já mencionado, dos processos e também conhecimento de sazonalidade e tratamentos de cada paciente individualmente. Ter os registos em softwares de tudo isso facilita o trabalho da gestão e a torna mais precisa.

Aqui é preciso levar em consideração pedidos de materiais e equipamentos para abastecimento de toda a instituição, levando em consideração as demandas sazonais. Por exemplo, nas estações mais frias do ano a população é acometida por doenças respiratórias. Logo, o hospital precisa ter em maior quantidade os suprimentos necessários para fazer esse tipo de atendimento.

Além disso, quadros clínicos mais complexos podem demandar remédios e outros equipamentos complexos para manutenção da saúde e bem-estar do paciente. Por isso, cabe também a uma gestão de serviços de saúde levar isso em consideração na hora de fazer pedidos e distribuição de capital pelos setores.

5- Recursos

Gestão de serviços de saúde

Por fim, é imprescindível que a gestão de serviços de saúde leve em consideração os recursos financeiros disponíveis. Para isso, deve-se avaliar a fonte das entradas de capital, como repasses de financiamento do serviço público e de planos de saúde. Para assim, equilibrar os gastos com o capital disponível.

Gestão de serviços de saúde para um atendimento de destaque

Você viu quais são os cinco principais pontos de atenção para uma gestão de serviços de saúde eficiente não perca de vista que esse é o tipo de serviço que tem como base o atendimento rápido, eficiente e humanizado, feito para pessoas. Na hora de traçar metas, estratégias e novos planos, tenha sempre isso como o norte do seu gerenciamento.

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG