Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Alinhamento estratégico: o segredo do sucesso das grandes empresas

Alinhamento estratégico: o segredo do sucesso das grandes empresas

4/03/2020
Alinhamento estratégico: o segredo do sucesso das grandes empresas

Você está começando a empreender agora? Deve estar se familiarizando com estudos e processos de gestão, satisfação dos funcionários e estratégias. Então, deve está se perguntando: como as grandes organizações conseguem lidar com tantos detalhes em larga escala? A resposta: alinhamento estratégico.

Alinhamento estratégico consiste unificar a visão de todas as partes da empresa. Dessa forma, todos os envolvidos no negócio devem buscar um mesmo objetivo final e agir para alcançá-lo.

No artigo de hoje vamos te mostrar como conseguir o tão sonhado alinhamento estratégico que te ajudará a alcançar os melhores resultados.

Ficou interessado? Então vamos lá!

O que deve estar no foco do meu alinhamento estratégico?

Quando falamos sobre unificar a visão das partes, essa ideia pode ficar um pouco confusa. Mas existem alguns pontos principais que devem ser a base do seu alinhamento estratégico.

Esses são os pontos que devem ser conhecidos, entendidos e até decorados se necessário por todos envolvidos no seu negócio.

São eles: a missão, a visão, os valores e os objetivos macros de uma empresa. E todas essas partes fazem parte do planejamento estratégico.

  • Missão

É provável que no planejamento estratégico (PE) da sua empresa haja mais de um objetivo-macro. No entanto, cada organização tem apenas uma missão, que se traduz no motivo da empresa existir.

É essa missão que todos os seus colaboradores devem saber de cor, entender o porquê e utilizá-la como base para qualquer tomada de decisão.

Caso sua empresa ainda não tenha uma missão definida, é hora de criá-la. Como já dissemos, é ela a razão de uma empresa existir.

Para estabelecer a sua missão pense na resposta para as seguintes perguntas: sua empresa foi criada com qual objetivo? O que você gostaria que a sua marca realizasse todos os dias? 

Vamos supor que você tenha uma indústria de calçados infantis, a missão da empresa poderia ser: produzir calçados confortáveis e anatômicos para crianças de todo o Brasil.

Depois de lançada, é preciso divulgar a missão para todos os envolvidos no negócio. Para que, dessa forma, seja possível trabalhar o alinhamento estratégico.

  • Visão

Outro pilar do alinhamento estratégico é a visão, que também deve estar documentada no planejamento estratégico. Ela diz onde a empresa quer estar em um determinado tempo. É uma visão futura da organização.

No nosso exemplo da empresa de confecção de calçados infantis, a visão poderia ser: ao final de 2020 estaremos entre as 3 melhores fábricas de calçados infantis do Brasil.

Repare que a visão é sempre bem mensurável, há uma data limite e um objetivo concreto a ser alcançado.

  • Valores

O terceiro pilar são os valores. Pode-se resumir esse conceito nas crenças e princípios da empresa que regem o trabalho e as decisões da organização.

Dessa forma, a firma cumprirá sua missão e alcançará a longo prazo a sua visão respeitando seus valores, princípios e crenças.

No caso hipotético dos calçados infantis os valores poderiam ser: diversão, felicidade, compromisso, conforto, praticidade e segurança.

Entendeu a ideia? Os valores são realmente os princípios que sustentarão a organização.

  • Objetivos macros

Os objetivos macros são os principais objetivos que devem ser alcançados durante o ciclo daquele planejamento estratégico.

E aqui já começa o alinhamento estratégico do qual estamos falando. A missão é o motivo da empresa existir, e os objetivos macros devem auxiliar o cumprimento da missão e da visão.

Portanto, se seus objetivos macros não ajudam em nada no alcance da visão da empresa, seus objetivos não servem para nada e estão estrategicamente errados.

Os objetivos serão desdobrados em estratégias, metas e indicadores. Assim,  as estratégias podem ser divididas entre áreas e os responsáveis podem ser nomeados e tomar a responsabilidade para si para perseguir esses resultados. 

Mas, vale destacar que, quando essa divisão começa a acontecer, o desalinhamento também começa a aparecer. Por isso, precisamos trabalhar efetivamente o alinhamento estratégico.

Como fazer o alinhamento estratégico?

A premissa básica do alinhamento estratégico consiste em alinhar todos os pontos do planejamento com todos os colaboradores da empresa. Dessa forma, todos estarão na mesma página, trabalhando em prol dos objetivos macro, mas cada um dentro de sua realidade e função diária. 

Vale destacar que, todas as dicas que nós daremos a seguir sobre alinhamento estratégico serão formas de trabalhar a relação planejamento estratégico – membros da empresa.

  • Processo seletivo

O alinhamento estratégico já começa no processo de seleção de novos membros. Isso porque os valores de um indivíduo são muito difíceis de serem modelados.

Por isso, na hora de contratar novos funcionários é necessário identificar seus valores pessoais para saber se esses estão em harmonia com os valores da empresa.

Esse é o primeiro passo para que o funcionário tenha sucesso e se desenvolva na organização. Também é uma forma de garantir profissionais que tenham fit com o negócio e acreditem no que a empresa prega. Ou seja, ter no time pessoas que além de competências, tenham identificação. 

Assim, o processo seletivo é parte imprescindível também do alinhamento estratégico. Uma vez que, se o colaborador não agir de acordo com a expectativa da empresa problemas surgirão inevitavelmente.

  • Alinhamento dos níveis estratégico, tático e operacional

Ao trabalhar o alinhamento estratégico você alinha os objetivos macro à missão e à visão da empresa, e daí surgem as estratégias, metas e indicadores.

Os responsáveis por cada estratégia e meta devem estar alinhados com os gestores que estão mais acima na hierarquia e também com a sua equipe de liderados. Ou seja, cada membro deve estar com suas ideias e práticas alinhadas ao seu líder e seu liderado (se houver).

Dessa forma, desde o CEO até o operário, todos os membros estarão alinhados e, consequentemente, suas práticas convergirão para o mesmo objetivo final.

Estando alinhados os níveis estratégico, tático e operacional, todas as áreas da empresa estarão alinhadas também, gerando um esforço coletivo e direcionado.

  • Reuniões Gerais

As reuniões gerais são uma ferramenta muito utilizada para melhorar a comunicação interna, passar comunicados e fazer dinâmicas.

Nela, todos os membros da empresa se reúnem para debater questões importantes, dar repasses, comunicados oficiais e até confraternizar.

É importante aproveitar as reuniões gerais para divulgar novas práticas e explicar para os colaboradores as partes do PE, cada estratégia, meta e indicador.

Dessa forma, cada funcionário se sentirá um pouco mais responsável por cada meta da organização. Metas compartilhadas têm mais chances de serem alcançadas.

O alinhamento estratégico é muito importante e, como você deve ter percebido, é trabalhado em cima do PE. Mas você sabe como montar um planejamento estratégico para sua empresa? Se não, acesse o nosso artigo sobre o assunto e não perca mais tempo.

Conte com a Mais Consultoria

Se precisa de uma ajuda profissional para implementar o alinhamento estratégico ou até mesmo melhorar outros setores e processos do seu negócio, conte com a Mais Consultoria. A nossa empresa já tem quase duas décadas de história e mais de 200 empresas impactadas pelos nossos serviços nas frentes de Qualidade, Gestão Financeira, Otimização e Estratégia.

Temos um consultor a sua espera para identificar suas necessidades e gargalos e propor soluções totalmente personalizadas, de fácil execução e com excelentes resultados. Fale conosco no banner abaixo.

Fale com consultor

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG