Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Indústria de alimentos: perspectivas para os próximos anos
26/04/2019

Indústria de alimentos: perspectivas para os próximos anos

Indústria de alimentos: perspectivas para os próximos anos

As inovações surgem a todo instante e, com isso os mercados passam por revoluções constantemente. É por isso que é fundamental que os empreendedores estejam atentos às perspectivas para os próximos anos do setor em que está inserido. A indústria de alimentos, por exemplo, precisa se preparar para os desafios dos próximos anos. É sobre eles que falaremos a seguir. Continue a leitura!

 

Revolução na indústria de alimentos

O mundo passa por constantes transformações que refletem diretamente na vida da população, de uma forma geral. Mas algumas áreas são mais afetadas que outras. E segundo as projeções, a indústria de alimentos é uma delas. Isso porque as inovações tecnológicas e as mudanças no comportamento do consumidor prometem revolucionar a indústria de alimentos.

 

Desafios futuros para o setor alimentício

Para se manter firme no mercado é necessário que os negócios acompanhem toda essa revolução e se adapte com base nas tendências e tecnologias que estão cada vez mais perto. Conheça a seguir alguns dos desafios que vão exigir as mudanças no mercado em questão.

 

Alimentação mais sofisticada

Os estudos sobre segurança alimentar indicam que o crescimento populacional refletirá numa sociedade mais educada, rica e exigente. Dessa forma, os padrões de consumo serão impactados significativamente. Aspectos como produção, diversificação e especialização de alimentos serão observados com mais intensidade.

 

Preocupação nutricional

indústria de alimentos

As pessoas têm se importado cada vez mais com a qualidade nutricional do que consomem. Por isso, buscam o consumo de produtos com ingredientes saudável e, preferencialmente, que tenham métodos de produção e suas composições bem transparentes.

A tendência é que isso se intensifique com o passar dos anos. Portanto, é fundamental que os negócios da indústria de alimentos busquem se adaptar, com urgência, a este novo modelo. É o que já tem feito algumas multinacionais, como a Coca-Cola. A marca refez as receitas de 60 produtos e diminuiu o teor de açúcar de 42 deles.

 

Menos impacto ambiental

Outro desafio para as empresas do setor alimentício é procurar alternativas que não agridam o meio ambiente. Para isso, já existem estudos que buscam substitutos mais naturais para certos alimentos, como a carne bovina.

Ela tem como consequências da sua produção o desmatamento, o consumo exacerbado de água durante a fabricação e emissão de gases de efeito estufa. Entre as alternativas para substituição futura da carne, estão as proteínas vegetais.

 

Avanço tecnológico como influência nas compras

A indústria de alimentos também vai precisar se adaptar para otimizar a experiência de compra dos consumidores com base no avanço tecnológico. Isso porque a Indústria 4.0 tende a revolucionar o comércio e a tornar os processos cada vez mais otimizados.

A startup americana Creator já tem acompanhado esses avanços. Ela inaugurou recentemente onde a produção do hambúrguer é completamente automatizada, rápida e barata. O pedido é feito em um tablet e em cerca de cinco minutos é feito todo o processo de preparação do hambúrguer.

 

Preocupe-se com o presente

Para conseguir acompanhar todas essas mudanças projetadas para o futuro da indústria de alimentos, é preciso que a atual situação do negócio esteja consolidada. Como está a sua empresa? Ela está passando por alguma crise ou momento ruim? Nós podemos te ajudar. Clique aqui e fale com um de nossos consultores.

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG