Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Como fazer um currículo matador de Engenharia
21/11/2018

Como fazer um currículo matador de Engenharia

Como fazer um currículo matador de Engenharia

Saber como fazer um currículo pode parecer uma tarefa fácil, porém há uma série de detalhes que merecem ser observados para que o seu documento se destaque em meio aos dos concorrentes.  Estes requisitos são essenciais para todos os currículos, inclusive para os que se relacionam com a área da Engenharia.

O currículo é um fator muito importante para a seleção de novos profissionais de uma empresa. Ele não é capaz de, por si só, garantir a vaga, mas é um grande diferencial para que ela seja conquistada. Portanto, é de extrema importância que o currículo seja apresentável, bem organizado e que seja elaborado com muita atenção.

Se você é engenheiro ou graduando do curso, este blog é especialmente para você. Abaixo, destacamos alguns pontos que precisam ser observados no momento da elaboração de um currículo. Veja só:

Saiba tudo sobre a vaga/empresa

O primeiro ponto é considerar a empresa e o setor que você está se candidatando. E, dessa forma, organizar as informações que são relevantes e merecem destaque no seu currículo. Por isso, antes de elaborar o conteúdo do currículo, saiba quais são os requisitos exigidos pela empresa contratante.

Por exemplo, se a vaga exige o conhecimento acerca de um determinado software ou que tenha experiência em certos tipos de projetos e planilhas, é importante destacar tais vivências e conhecimentos no seu currículo – caso tenha, é claro.

Após saber as informações sobre a vaga, procure também informações básicas sobre a empresa. Por exemplo, desde quando ela está no mercado, qual o seu principal produto/serviço e quais são seus valores, missão e visão. É preciso que o recrutador perceba que as suas características profissionais estão devidamente alinhadas com as visões da empresa em questão.

Organize o currículo em categorias

A organização é outro ponto extremamente importante. Portanto, procure separar em categorias as suas experiências e atividades de acordo com a área que elas se encaixam. Feito isso, você já vai ter conquistado pontos positivos. Além de tornar sua apresentação eficiente, a organização também deixará seu currículo visualmente limpo. Para o contratante, isso é um grande facilitador, uma vez que será possível encontrar com mais facilidade aquilo que ele considera relevante.

Atenção aos dados pessoais

Todo currículo deve começar com as informações básicas, como nome completo, e-mail, endereço e telefone.

Mas, atenção:

  • Não coloque dados documentais, como RG e CPF.
  • Tente sempre passar a impressão de profissionalismo, portanto, cuidado com o endereço de e-mail. Por exemplo, “fulana_gatinha” JAMAIS.
  • Coloque o nome em destaque: completo, em negrito e letra maiúscula.

Seja objetivo

O currículo precisa ser sucinto, então coloque as informações que são realmente essenciais. Ou seja, dê destaque apenas para as experiências que podem, verdadeiramente, fazer a diferença no seu currículo.

Exclusividade do currículo

Você pode e deve ter vários currículos, cada um destinado a um tipo de vaga. O que você não deve é ter um único currículo para todas as vagas desejadas. Cada vaga exige uma especificidade, por isso, o ideal é adequar o currículo a cada candidatura.

Veracidade das informações

É importante lembrar que o currículo é um documento, portanto, todas as informações nele contidas, devem ser verídicas. Imagine só: o recrutador seleciona você para a vaga e solicita que você coloque em prática uma das experiências colocadas no documento. Só que, na verdade, você não tem conhecimento sobre aquilo. E agora, como proceder? Por isso, coloque no currículo apenas o que você SABE. Mesmo que tenha feito algum curso, cite-o apenas se houver domínio acerca dele.

Experiência profissional/ Formação acadêmica

A categoria de experiências profissionais é muito visada pelos recrutadores. Portanto, coloque neste campo os trabalhos ou estágios do mais recente para o mais antigo.

O mesmo vale para a categoria de formação acadêmica. Por exemplo, se já tiver pós-graduação, inicie com essa informação.

Informações adicionais

Tente sempre lembrar das atividades extracurriculares, ou seja, aquelas feitas fora da faculdade. Dentre elas, destaque no currículo aquelas que você julgue ser um diferencial valioso para a vaga. Por mais que para você pareça simples, algumas de suas vivências podem te colocar à frente dos concorrentes. Todos os cursos feitos, sejam presenciais ou onlines, que tenham ligação com a empresa que está ofertando uma vaga, merecem ser citados no currículo.

Vale a pena também ressaltar trabalhos voluntários. Tem muitas empresas que valorizam o espírito solidário, portanto, se já tiver trabalhado como voluntário para alguma instituição, destaque isso.

Conhecimentos

Em conhecimentos, destaque o conhecimento em idiomas e em softwares. Outra parte importante, é a participação em eventos da área, com destaque para participação através da apresentação de artigos e palestras.

Quase não tenho experiência. O que coloco no currículo?

Se você é recém-formado ou é graduando em engenharia, você pode dar destaque aos cursos que participou ao longo da sua jornada. Além disso, também vale a pena focar nos objetivos profissionais que podem te levar a conquistar a vaga desejada.

Aprendeu como destacar suas habilidades e como explorar seus diferenciais, para conquistar a tão desejada vaga? Nós esperamos que este blog te ajude a elaborar um currículo matador. Clique aqui e veja um modelo de currículo para a área de Engenharia.

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG