Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Como criar um modelo de negócio escalável?
6/09/2018

Como criar um modelo de negócio escalável?

Como criar um modelo de negócio escalável?

Um dos assuntos que tem ganhado força nos últimos anos no mundo corporativo é o modelo de negócio escalável. Principalmente devido ao sucesso das startups. Esse modelo de negócios dissemina um ganho expressivo de produtividade para as empresas.

Mas você sabe o que exatamente é um negócio escalável? Continue a leitura e descubra como sua empresa pode implementar a escalabilidade em seu produto ou serviço.

 

O que é um modelo de negócio escalável?

Uma empresa que utiliza esse modelo de negócio é aquela que consegue produzir em grande escala. Ou seja, é aquela que é capaz de reproduzir seu serviço/produto em grandes quantidades sem demandar recursos na mesma proporção.

Há, portanto, um aumento da receita do negócio de forma inversamente proporcional, ou seja, há o aumento de custo de produção nestes casos, utilizando poucos recursos.

Vamos a um exemplo: supomos que você tenha um restaurante e, de repente, seu número de clientes aumente consideravelmente. Para atender essa demanda você terá que realizar mais investimentos em alimentos, por exemplo, e em mão de obra. Neste caso há um aumento proporcional no seu negócio, pois investimento e receita crescem na mesma proporção.

Mas é possível que esse restaurante se torne escalável também. Como? Simples: você pode transformar o seu negócio em um sistema de franquias, por exemplo, que é um tipo comum de escalabilidade em negócios. Negócios são escaláveis na medida em que o crescimento da receita é desproporcional ao aumento dos custos.

Isso acontece porque dessa forma, não será necessário um aumento de mão de obra ou equipamentos, você aumenta sua receita vendendo o modelo de negócios do seu restaurante.

 

Como identificar quando um modelo de negócios pode se tornar escalável?

Antes de você pensar em implementar um modelo de negócios escalável na sua empresa, é fundamental que você entenda se o seu negócio pode ser escalável. Claro que todo gestor quer ver sua empresa crescendo, e essa é uma proposta tentadora para fazer seu negócio deslanchar. Afinal, quem não quer crescer mais gastando menos?

Para te ajudar a identificar se o seu negócio pode se tornar escalável, separamos algumas características que representam esse tipo de modelo. Confira:

 

  • Negócios escaláveis possuem mais facilidade na operação. Ou seja, não é necessário um alto grau de complexidade para executar os processos.
  • Geralmente as empresas que possuem processos bem padronizados, ou seja, possuem uma linha de raciocínio estabelecidos têm potencial para se tornarem escaláveis.
  • Modelos escaláveis geralmente são altamente replicáveis, ou seja, não existe uma personalização daquilo que é entregue ao cliente.

 

Dica: Quadro de modelo de negócios

Para quem deseja conhecer mais sobre esse modelo de negócio, temos uma dica para você: o livro “Business Model Generation”. Essa é uma leitura obrigatória para quem deseja se aprofundar no assunto, o livro foi escrito pelo suíço Alex Osterwalder, considerado o maior especialista em modelo de negócios do mundo.

Ele foi responsável inclusive pela criação do quadro de modelo de negócios, mais conhecido, o Modelo Canvas. É uma ferramenta que auxilia no planejamento e melhor visualização das funções de um negócio.

No Quadro deve ser inserido as seguintes informações: o que, quem, como e quanto. Em seguida as funções devem ser divididas em nove funções e preenchidas com adesivos ou post its para facilitar o acréscimo e locomoção das informações.

modelo de negócio canvas

Fonte: Sebrae

 

No seu livro, Alex Osterwalder definiu 9 itens fundamentais para um modelo de negócio, são eles:

  • A sua proposição de valor: o que você oferece que é único no mercado?
  • Os segmentos de clientes: quem é o cliente final?
  • Suas atividades chave: o que exatamente você realiza, e que irá consistir no produto ou serviço ofertado?
  • Suas parcerias estratégicas: que empresas ajudarão a compor melhor essa oferta?
  • Suas fontes de receita: como você cobra, e quais são os drivers de receita?
  • Sua estrutura de custos: quais drivers são geradores de custos?
  • Os recursos principais: qual a infra-estrutura, recursos ou serviços de base?
  • Os canais de comunicação e distribuição: como o produto chega até o cliente?

Leia mais sobre as visões do suíço neste artigo do Sebrae.

 

A Mais Consultoria Jr. pode te ajudar!

Se você ficou interessado em tornar seu negócio mais produtivo, nós podemos te ajudar! Através de uma análise personalizada do seu negócio vamos atuar com propostas que visam agregar valor e aumentar a competitividade do seu produto/serviço cortando excessos no processo de produção.

 

Entre em contato e peça um diagnóstico gratuito do seu negócio e alavanque os seus resultados agora mesmo!

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG