Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog 8 dicas de segurança no trabalho para implementar na sua empresa
16/11/2017

8 dicas de segurança no trabalho para implementar na sua empresa

8 dicas de segurança no trabalho para implementar na sua empresa

Uma grande preocupação dos gestores de grandes empresas é a segurança no trabalho. Seja por preocupação com os funcionários ou por medo de serem processados caso ocorra algum acidente, eles nunca recusam novas dicas de segurança no trabalho

Por isso, esse é o tema do nosso artigo de hoje. Vamos dar 8 dicas de segurança no trabalho para evitar acidentes, garantir colaboradores mais confiantes e melhorar a imagem da empresa.

Se você ficou interessado não perca nossas dicas de segurança no trabalho. Elas vem logo a seguir.

 

8 dicas de segurança no trabalho para prevenir acidentes

segurança no trabalho

 

A prevenção é a melhor forma de garantir que sua equipe trabalhará sem surpresas indesejadas. A segurança do trabalho é uma forma de evitar que profissionais percam qualidade de vida por conta de acidentes em empregos.  

Fique atento às nossas 8 dicas de segurança no trabalho:

 

Atenção aos equipamentos de proteção individual

segurança no trabalho

O uso dos famosos EPIs, equipamentos de proteção individual, não são uma opção. Eles são uma obrigatoriedade da lei de Segurança do Trabalho.

Por isso, sua empresa deve fornecer gratuitamente os EPIs, além de exigir e fiscalizar o uso dos EPIs adequados para cada função.

Entre os EPIs mais comuns estão: abafador de ruído, capacetes, luvas e botas de proteção, óculos especiais etc.

É função da firma oferecer condições de trabalho seguras para todos os seus colaboradores, independente de onde eles estejam na hierarquia ou de quanto ganhem.

Se algum funcionário se acidentar e ele estiver sem os EPIs necessários, mesmo que a organização forneça, ela será considerada culpada. Isso porque, além de disponibilizar os equipamentos, é preciso garantir o uso por parte dos colaboradores.

 

Endureça as regras de segurança no trabalho

Nada de “ah, mas é só um dia que ele vai trabalhar sem capacete”. Não! Se é uma regra, ela deve ser cumprida. Ninguém deve fazer nada fora das regras.  

Se você pensar que está endurecendo demais as regras de segurança no trabalho, você não está. Segurança no trabalho é algo muito sério e deve ser entendida como tal.

Se a sua equipe não entende a importância desse tipo de norma, prepare uma reunião geral com treinamentos sobre o tema. Além disso, mostre com exemplos como alguns acidentes podem ser fatais.

Independente das possíveis reclamações, lembre-se: as normas existem para serem cumpridas e os EPIs não foram criados para serem bonitos e sim para serem seguros.

 

Garanta que todos os funcionários estejam cientes das regras de segurança no trabalho

Às vezes, por mais que a equipe entenda a importância das regras, ela não conhece todas elas. As normas de segurança do trabalho da sua empresa devem estar decoradas na mente de cada um dos colaboradores, sem exceção.

Por isso, aposte em treinamentos e nunca pense que eles já ouviram o suficiente sobre o tema. Sempre é bom lembrar a importância do uso dos EPIs e das demais normas.

É interessante também ter um documento com todas essas normas especificadas e explicadas, de forma que se alguém quiser acessá-las, terá facilidade em conseguir.

 

Ofereça exames médicos periódicos

 

segurança no trabalho

 

Alguns problemas de saúde dão seus primeiros sinais aos poucos e estes são quase imperceptíveis. A não ser que sejam olhados por um profissional de saúde.

Por isso, é importante que antes de começar os trabalhos, o funcionário passe por uma série de exames médicos para documentar quais problemas médicos ele já possuía antes de entrar na organização.

Depois disso, é preciso que esse mesmo funcionário passe novamente por exames médicos, regularmente. É importante verificar se algum problema surgiu e se a causa pode ter sido o trabalho.

Por exemplo, pessoas que trabalham muito tempo fazendo um mesmo movimento podem desenvolver LER (Lesão por Esforço Repetitivo), que é muito mais difícil de tratar do que de prevenir.

Por isso, ao ser diagnosticada essa doença ainda no início do seu desenvolvimento, a empresa poderá tomar as medidas necessárias para a melhora do funcionário.

 

Invista em cadeiras ergométricas

Se na sua empresa os funcionários ficam muito tempo sentados, é importante que eles tenham uma cadeira confortável para evitar dores nas costas, por exemplo.

Mas cadeira confortável não é só cadeira acolchoada. Na verdade, vai muito além disso. O tipo de assento correto para trabalhos longos são as cadeiras ergométricas.

Esse tipo de cadeira tem o formato correto do corpo da pessoa, de forma que ela se “encaixa” no assento, proporcionando, dessa forma, a manutenção da integridade física do colaborador.

Lembra da Lesão por Esforço Repetitivo da qual falamos anteriormente? Ela pode ser evitada através de um ambiente ergométrico, em que as cadeiras sejam ajustáveis às medidas do corpo da pessoa.

As cadeiras são a ferramenta mais eficaz na prevenção de lesões, portanto, não vale a pena economizar comprando assentos mal projetados.

 

Tenha sinalizadas as saídas de emergência

segurança no trabalho

No caso de algum vazamento de gás, incêndio ou risco de desmoronamento, é imprescindível ter saídas de emergência bem sinalizadas, para que as pessoas possam deixar o local.

Luzes, setas e placas são boas formas de sinalizar o caminho que deve ser seguido durante uma situação de risco.

Lembre-se: na hora do sufoco as pessoas não pensam em qual é o melhor caminho a seguir, elas só vão correr. Por isso, garanta que todas dirijam-se ao local correto.

 

Ofereça treinamentos de primeiros socorros básicos

A gente nunca sabe quando um acidente grave ocorrerá e quem estará por perto. Pode ser que haja um carro de bombeiros por perto ou não. Pode ser que haja um médico por perto, ou não. Você não pode contar com a sorte.

Por isso, ofereça treinamentos de primeiros socorros básicos aos seus funcionários. Por mais que isso não seja uma lei, pode realmente salvar uma vida.

Sem falar que a sua própria equipe se sentirá mais segura participando desse tipo de iniciativa.

Além dos primeiros socorros, é importante que todo mundo da sua empresa saiba usar um extintor de incêndio, diferenciar seus tipos e chamar o reforço correto, seja polícia ou bombeiros.

Ufa, acabamos! O que você achou das nossas dicas de segurança no trabalho? Esperamos que tenha sido útil. A segurança no trabalho funciona como uma forma de gerenciamento de riscos. Para conhecer 7 erros na gestão de riscos que você não pode cometer, clique aqui.

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG