Blog

Blog Blog

Você está em Home Blog Qual o Papel de uma Gestão por Competências na sua Empresa?
14/09/2015

Qual o Papel de uma Gestão por Competências na sua Empresa?

Qual o Papel de uma Gestão por Competências na sua Empresa?

07

 

Para compreender de fato o que é gestão por competências, primeiramente, devemos entender o que é gestão. Sabemos que o principal objetivo da maioria das empresas no mercado é gerar lucro, mas como ter certeza se ela está no caminho certo? Através do controle dos processos que regem a empresa, podemos retirar conclusões verídicas a respeito do cumprimento ou não de suas metas. E a esse controle damos o nome de gestão.

Já a competência é definida pelo seguinte conjunto:

Conhecimentos (= saber);

Habilidades (= saber fazer);

Atitudes individuais (= querer fazer).

Logo, as iniciais dessas três palavras formam o famoso “CHA”, o qual é basicamente tudo o que um cargo dentro da empresa exige do profissional, para que o trabalho seja feito da melhor maneira possível. Dessa forma, a gestão por competências é basicamente o conjunto de ferramentas que instrumentalizam a gestão com foco no desenvolvimento das pessoas e é construído com base nas atribuições dos cargos.

Há uma frase que ilustra muito bem a importância de uma empresa aplicar a gestão por competências: “Selecionar pessoas é diferente de admitir pessoas”. Nesse sentido, Jim Collins exemplifica na metáfora do ônibus lotado, explicando que as pessoas erradas devem sair do coletivo, ficando apenas as certas, sendo que estas devem ocupar os assentos certos e, assim, poderá ser decidido o destino dos passageiros com tranquilidade e certeza.

E, para realizar essa gestão com sucesso, é necessário fazer dois tipos de mapeamentos:

  •  Mapeamento do perfil de competências organizacionais;
  •  Mapeamento e mensuração para cargos;

O primeiro visa identificar as competências necessárias para atingir a estratégia da organização, a qual, por sua vez, é baseada em indicadores de competências, como missão, visão e valores. Já o segundo tem como objetivo identificar e analisar as competências necessárias para a execução de cada cargo, extraindo as competências técnicas e comportamentais que cada um.

E, por último, é realizada a seleção por competências, a qual é baseada na chamada entrevista comportamental. Esse método busca, essencialmente, verificar, de acordo com as respostas do candidato, as situações vividas por ele que sejam similares às que ele provavelmente viverá na posição exigida pelo cargo em questão.

 

Com isso, a estrutura desse tipo de entrevista evita que ele crie cenários que nunca existiram, tornando hipotéticas soluções para as quais ele nunca vivenciou. Em suma, acredita-se que o candidato buscará aplicar soluções semelhantes para situações semelhantes. Com base em experiências já vividas e soluções já apresentadas em situações análogas, pode-se dizer que, se ele resolveu assim uma vez, tenderá a agir da mesma maneira em situações próximas a essas. Tratando-se de pessoas, isto não é uma garantia, mas as chances de que assim ocorra é muito grande.

Dessa forma, percebe-se claramente que a gestão por competências defende com esmero o que T. Harv Eker diz no seu livro de grande sucesso “Os Segredos da Mente Milionária”:  “Não basta estar no lugar certo na hora certa. Você tem que ser a pessoa certa, no lugar certo, na hora certa. ”

 

Leia também

Nossa localização

Faculdade de Engenharia - UFJF Rua José Lourenço Kelmer, s/n São Pedro, Juiz de Fora - MG