Mais Consultoria Júnior

7 vantagens do controle financeiro empresarial para o seu negócio

7 vantagens do controle financeiro empresarial para o seu negócio

O sonho de todo empreendedor é ter um negócio próspero, ou seja, desenvolver um produto ou serviço de qualidade, ter uma equipe de alta performance e gerar lucro. No entanto, esse roteiro perfeito só se torna realidade se os gestores adotam um bom controle financeiro empresarial.

O sucesso de uma organização depende de uma gestão de qualidade e de uma boa saúde financeira. E é isso que garante o controle financeiro empresarial.

A análise da situação financeira, o acompanhamentos dos indicadores de sustentabilidade e o planejamento financeiro são importantes armas para consolidar um negócio e acompanhar sua evolução.

De acordo com o estudo elaborado pelo Cemec (Centro de Estudos do Instituto Ibmec), em 2016, 48,7% das empresas não conseguiram gerar caixa suficiente para cobrir suas despesas financeiras no terceiro trimestre do ano. No trimestre anterior, 51,7% estavam nessa situação.

Diante desse cenário, prática do controle financeiro empresarial não só se torna essencial para garantir o sucesso das empresas, mas também a sua vitalidade.

Essa é a ferramenta ideal para traçar um panorama financeiro geral do seu negócio, indicando os problemas a serem sanados.

Por isso, vamos te explicar o que é um controle financeiro empresarial e quais os benefícios práticos para o seu negócio. Confira!

O que é o controle financeiro empresarial?

O controle financeiro empresarial é a ferramenta que vai mostrar onde é possível investir o dinheiro da empresa, quais as despesas e receitas frequentes.

Assim, é possível ter noção de cada área ou necessidade para as quais o dinheiro está sendo aplicado, pois ele possibilita a visão de:

  • Custos operacionais;
  • Salários;
  • Fontes de lucro;
  • Fontes de prejuízo;
  • Planejamento orçamentário;
  • Contas a pagar;
  • Contas a receber;

O controle financeiro empresarial é possível pelo controle de caixa, análise dos demonstrativos e conhecimento do ponto de equilíbrio de entradas e saídas.

O primeiro passo para obter o controle financeiro empresarial é tomar consciência sobre a atual situação financeira da empresa.

Por isso, liste os pontos negativos e positivos dos processos financeiros, qual o posicionamento da empresa no segmento que atua e a situação do mercado no qual a empresa está inserida. Esses aspectos ajudam a visualizar quais recursos estão a favor da saúde financeira da empresa e o quais cortes são necessários.

Para começar um controle financeiro empresarial, é essencial traçar projeções de cenários otimistas e pessimistas para o negócio, levando em conta seus gastos e receitas.

Por isso, é indispensável prever o ciclo operacional do negócio – desde a fabricação até a venda do produto ou serviço – definindo o valor das despesas geradas em cada etapa, como compra de matéria-prima, estoque, produção e frete, para que todos esses custos sejam confrontados com a receita.

As 7 maiores vantagens para o seu negócio

O controle financeiro empresarial é um importante aliado quando o assunto é tomar decisões que impactam o futuro e as finanças da empresa.

Entenda quais são as maiores vantagens dessa ferramenta para o seu negócio:

Segurança para gerir

Fazer o controle financeiro empresarial é a melhor forma de manter seu negócio em funcionamento, as contas em dia e identificar as melhores oportunidades de investimento.

Ao controlar à risca as finanças do seu empreendimento, você tem a noção perfeita do seu caixa, pois todos os dados relativos às finanças são mensurados com cuidado.

Quando conscientes da saúde financeira da empresa, os gestores têm a segurança e a tranquilidade para tomar melhores decisões para o negócio.

Contenção de gastos

Com o controle financeiro empresarial é possível acompanhar todas as suas despesas e custos ao longo do processo produtivo e, assim, identificar quais são supérfluos ou desnecessários.

Logo, é possível cortar os gastos que não têm impacto no produto final e, assim, prevenir-se de eventuais crises financeiras internas e externas.

Perspectiva de futuro

Uma vez que se tem todas as finanças da empresa controladas e analisadas, é possível estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo, com orçamentos mais realistas.

Dessa forma, é muito mais fácil projetar novos investimentos, expansões e planejar a diversificação da sua linha de produtos ou serviços.

Acompanhamento do ROI

O controle financeiro empresarial permite que você avalie com antecedência o Retorno sobre Investimentos (ROI), que é a relação do dinheiro que você ganhou ou perdeu ao fazer um investimento.

Assim, é possível compreender quais investimentos merecem seus esforços e quais você deve descartar.

Quando um investimento é realizado, também torna-se possível acompanhar se o retorno financeiro está saindo como o planejado, o que dá margem para corrigir ações caso necessário.

Recrutamento mais assertivo

Contratações e demissões fazem parte do cotidiano de qualquer empresa. E ambas as ações geram gastos.

Mas o controle financeiro empresarial permite que os gestores aumentem ou reduzam a equipe de forma mais ordenada e econômica.

A ferramenta permite que você avalie se o fluxo de caixa é capaz de arcar com um novo funcionário – considerando custos como INSS e FGTS – e qual é o impacto financeiro com a rescisão contratual de um colaborador.

Organização da tabela de preços

Muitas empresas estabelecem a sua tabela de preços sem levar em conta todos os seus custos. Uma consequência grave disso é o comprometimento do lucro.

Fazendo o controle financeiro empresarial, é possível ter a projeção de margem de contribuição e o ponto de equilíbrio, elemento essenciais para o cálculo justo dos produtos e serviços comercializados.

Orçamento colaborativo

O controle financeiro empresarial dá margem para uma ação que traz excelentes resultados para uma organização: o orçamento colaborativo.

Quando se tem noção do fluxo monetário da empresa, cada setor consegue montar um orçamento de acordo com suas necessidades, tornando assim a negociação com a diretoria mais sólida.

Isso amplia a visão sistêmica da empresa, ou seja, todos passam a entender as necessidades e a participação de cada setor no sucesso do negócio.

Um dos benefícios é a divisão do percentual economizado pelos setores. Essa é uma forma dos gestores motivarem e estimularem a produtividade da equipe para o alcance dos objetivos organizacionais.

O controle financeiro empresarial permite que você entenda a viabilidade dos orçamentos apresentados, assim como o retorno gerado pelos setores a partir dos investimentos recebidos.

Manter o controle financeiro empresarial é essencial para garantir a prosperidade financeira do seu negócio e, consequentemente, o destaque da sua marca no segmento em que atua. Quando se trata de saúde financeira, todo cuidado é pouco!

Como você tem mantido o controle financeiro empresarial do seu negócio? Compartilhe suas dúvidas e sugestões nos comentários!

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu